quinta-feira, 26 de setembro de 2013

OS DUELOS DE QUARTA-FEIRA - Por Rodrigo Curty


E a rodada de abertura das quartas de final da Copa do Brasil e oitavas de final da Copa Sul-Americana para as equipes brasileiras deram o que falar.
Na competição que é o caminho mais curto para se chegar a Libertadores de 2014, três partidas.
No Serra Dourada, o Goiás manteve a força em casa e passou pelo Vasco que não consegue voltar a vencer. Apesar da derrota, o resultado não foi tão ruim para os Cruzmaltinos, afinal o 2x1 pode ser revertido com um simples 1x0, pelo fato de ter marcado fora de casa.
Já no Maracanã, a regra não vale, pois o duelo foi entre os cariocas Botafogo e Flamengo. Um belo jogo com tempos distintos. O rubro-negro foi avassalador na primeira etapa, entrou embalado pela efetivação de Jayme de Almeida no comando técnico e pela presença de ídolos na preleção. O time tecnicamente fica devendo, mas a garra, vontade e atitude digna de quem veste o manto sagrado valeu a pena para voltar à etapa final vencendo por 1x0 e perdendo várias chances de ampliar.
Como vale o ditado de quem não faz leva, o Glorioso fez por merecer o empate e poderia até ter virado se não fosse a mira de seus atacantes e Felipe ser exigido. No final o 1x1 foi justo e deixou um gosto de chegar logo a partida decisiva. Sem favoritos.
No Pacaembu, o Corinthians mais uma vez passou em branco. O time não consegue vencer, e muito menos marcar gols. Recebeu o aplicado time do Grêmio que também vive a seca das vitórias. O placar sem gols foi melhor para o time paulista, que apesar de depender marcar para avançar, desde que seja um novo empate, acredita que até a partida de volta já esteja com a mira e situação afiada. Tite continua sobre pressão.
Já pela Copa Sul-Americana, quem diria a Ponte Preta que vai mal das pernas no nacional conseguiu vencer sua primeira partida oficial internacional. O adversário foi o Deportivo Pasto(Col) por 2x0. Apesar de jogar a volta na Colômbia, as chances da Macaca avançar e encarar  o tradicional Vélez Sarsfield(Arg) são enormes.  
O mesmo não se pode esperar do Sport Recife. O Leão da ilha foi até o Paraguai encarar o Libertad e se deu mal. Com falhas da defesa, o time brasileiro acabou derrotado por 2x0. O alvinegro é tradicional e pode surpreender também na Ilha do Retiro. Vamos aguardar.
Hoje a bola rola no Morumbi para o atual campeão do torneio, o São Paulo contra o Universidad Católica(Chi). Muricy Ramalho aposta nas bolas paradas e na química internacional da torcida/equipe para estrear bem. Promessa de jogo pegado e frio.
Até a próxima!