quarta-feira, 5 de março de 2014

AMISTOSOS NA ÚLTIMA DATA FIFA - Por Rodrigo Curty

E lá se foi mais um carnaval. Como já é de costume, muitos brasileiros esqueceram por alguns dias os problemas do país e foram às ruas curtir o feriadão ou descansar para definitivamente começarem o ano de 2014. Será?
A pergunta é válida se considerarmos que estamos a 99 dias da Copa do Mundo. A preocupação e as atenções do Mundo estão voltadas para o evento em terras brasileiras. 
Fatos negativos como manifestações e greves nas cidades-sede são péssimos nessa altura do campeonato, porém tapar o sol com a peneira, como por exemplo, ter que seguir à risca o pedido em coletivas de imprensa com presença dos organizadores, Ministro do Esporte, entre outros de que não é para perguntar isso ou aquilo é uma vergonha.
Como é uma vergonha estarem programados um custo acima de R$25bilhões, e ainda serem necessários os ajustes de muitas pendências para o evento. Nem todas as Arenas estão prontas, apesar dos mais de R$8bilhões já gastos, detalhe que o dobro do previsto quando o país foi escolhido como organizador. A infraestrutura de aeroportos, estradas, rede hoteleira, entre outras não ficaram e nem ficarão prontas e sim paliativas, o que é lamentável pelo imenso prazo que o país teve para se preparar. 
Longe de querer só criticar, mas a realidade deve ser dita. Seria muito mais interessante se pudéssemos de fato fazer uma "grande Copa", e sinceramente isso seria possível se houvesse um planejamento correto, uma vez que as  prioridades como estrutura, educação e saúde estariam no mínimo bem melhores do que se encontram. Mas como a bola não pode parar, ela rola hoje, na última data FIFA para as 32 Seleções que disputarão o Mundial.
O Brasil, praticamente com todos os jogadores que disputarão a Copa de 2014, joga contra a África do Sul. Felipão não deve mudar muito o trabalho realizado. Se muito tem duas dúvidas na cabeça, que serão sanadas nessa partida. Depois de sete de maio, quando os 23 convocados estarão definidos, a seleção disputará mais dois jogos de preparação: O Panamá (3 de junho no Serra Dourada, em Goiânia) e contra a Sérvia (dia 6 no Morumbi, em São Paulo).
Hoje vale a pena conferir possíveis favoritas ao título como Espanha e Itália, Alemanha e Chile, França e Holanda e Inglaterra e Dinamarca.
Confira todas as partidas e boas análises.

Até a próxima!