segunda-feira, 21 de abril de 2014

BRASILEIRÃO 2014 ESTREIA SEM EMOÇÃO - Por Rodrigo Curty

E foi dada a largada para mais um campeonato brasileiro de futebol. Após o triste encerramento da edição anterior, a expectativa é que tenhamos um torneio que evite ao máximo as polêmicas, tribunais, violência e benefícios para equipes.
Em mais uma edição de pontos corridos, o torneio tende ser bem equilibrado, surpreendente e de nível técnico equilibrado, ou seja, não há uma super equipe e sim várias que se equivalem. É importante ressaltar que com a abertura e fechamento das janelas de transferências muita coisa deve mudar no decorrer da competição.
Hoje ao meu ver as equipes favoritas para a conquista do Brasileirão são: Cruzeiro, Internacional, Grêmio,  Corinthians, São Paulo e Fluminense. Já Flamengo, Palmeiras, Atlético MG, Santos e Botafogo devem ficar se muito na luta por uma das vagas da Libertadores. 
Já na luta pela permanência acredito que a disputa estará acirrada entre os catarinenses, paranaenses e baianos, isso sem falar de Botafogo e Goiás que se não se reforçarem terão problemas.
O campeonato é longo demais, as equipes consideradas azarões sabem da importância de conseguirem os pontos jogando em seus domínios. Isso é crucial em pontos corridos, isso sem falar da paralisação por causa da Copa do Mundo e equipes que não poderão utilizar as Arenas após a quinta rodada, casos dos times do Rio, Minas, Atlético PR e os gaúchos. Aqui quem não tem palco deve sofrer e frequentar a zona de rebaixamento.
A rodada inicial ficou aquém do esperado. A rede pouco balançou, os estádios ficaram vazios, a empolgação esteve longe de um campeonato considerado o melhor do mundo.
Faltam apenas oito rodadas até a abertura da Copa. Muita água vai correr por debaixo da ponte, agora difícil será mudar o cenário do reflexo que o país passa para dentro dos gramados, o torcedor está ressabiado  e sem dinheiro. Há os que ainda guardam ou juntam algum trocado para acompanhar o seu clube presente na Libertadores ou para a fase mais dura da Copa do Brasil.
Vamos aguardar as próximas rodadas com a cabeça no maior evento do futebol mundial e, que vença o melhor e, claro, que tudo seja resolvido nos gramados, caso o contrário o campeonato perderá de vez a sua credibilidade.
Até a próxima!