quinta-feira, 22 de maio de 2014

ERROS, SURPRESAS, CERTEZAS E ROLADAS - Por Rodrigo Curty

E lá se foi mais uma rodada do Brasileirão. Nesta de número seis algumas coisas ficaram novamente evidente. O Internacional tem elenco que pode finalmente torná-lo campeão nos pontos corridos, o Cruzeiro segue forte e entrosado, principalmente em seus domínios, o Fluminense tem comando e união, o Grêmio não pode ser menosprezado e outros como São Paulo e Corinthians precisam melhorar e muito para entrar de vez no hall dos favoritos.
Vamos as análises dos jogos. O Internacional só não terminou na liderança isolada, porque o juiz deu uma mãozinha para o Coritiba no empate por 1x1. Uma penalidade que só ele viu. Até quando teremos que aguentar e aceitar esses tipos de erros grotescos da arbitragem? Sim, o responsável por apenas conduzir a partida também foi peça principal em mais um empate do Flamengo. O rubro-negro jogou mal demais contra o Bahia, que merecia sair vitorioso, mas o gol de falta aos 46' do segundo tempo de Talisca, nasceu de uma falta inexistente, isso sem falar do pênalti não marcado sobre Alecsandro na primeira etapa. 1x1 que trará fortes consequências na Gávea.
O mesmo pode-se dizer do Corinthians. O Timão não foi bem contra o Atlético PR e só empatou em 1x1 porque ganhou um pênalti de presente. Mano Menezes não consegue fazer o time jogar de forma organizada. São muitos chutões e responsabilidade apenas para Guerrero. Os meias estão perdidos sobre o que devem fazer em campo. É bom ajustar a casa logo.
Na partida dos desesperados catarinenses, melhor para o Criciúma. Vitória magra de 1x0, porém importante para respirar fora da zona de degola. O Chapecoense soma quatro derrotas e segura a lanterna. Quem precisa ficar esperto para não pegar essa lanterna é o Botafogo. O alvinegro até que começou bem contra o Grêmio, mas a falta de maturidade e opções táticas, acabou levando a virada do bom time do Grêmio. 2x1 que coloca o "Imortal"na segunda colocação com os mesmos pontos do Cruzeiro.

E por falar do Cruzeiro, a Celeste aos poucos recupera o futebol do ano passado. Com bastante opção no banco, Marcelo Oliveira conduz seus jogadores sem muito problema. Um time rápido, obediente taticamente e com jogadores que não vacilam nas oportunidades. Olho neles! O Sport, apesar de derrotado por 2x0 é uma surpresa no torneio. Time bem arrumado e que pode conseguir pontos importantes fora de sua casa.
Por fim, no Maracanã um duelo eletrizante de tricolores. O paulista foi bem na primeira etapa e terminou na frente, 2x1 , mas no 2º tempo, o tricolor carioca passeou e fez quatro gols, virando para 5x2.O time de Cristovão Borges não deixou o São Paulo ver a cor da bola. Walter substituiu muito bem o goleador e ídolo Fred. Autor de dois gols, jogadas de categoria como uma bicicleta, o artilheiro deitou e rolou. Fica a diferença técnica das equipes. Enquanto a do Rio conta com um futebol solidário, elenco e frieza, o de São Paulo sofre com as faltas de opções na defesa, laterais e meio. É bom se ligar, caso contrário o sobe e desce com as vitórias ilusórias como a de domingo poderão custar caro no final do ano.
Hoje a rodada será fechada com três partidas. O Palmeiras que anunciou o novo técnico, o argentino Ricardo Gareca espera terminar o ciclo de Alberto Valentim com mais uma vitória. O adversário será o Figueirense que venceu o Corinthians, na última rodada, na estreia da Arena de Itaquera.
O Goiás recebe o Santos em busca de mais um triunfo para seguir surpreendendo. Já o Vitória para se afastar de vez da degola recebe o Atlético MG. Promessa de um jogo com muitos gols.
Amanhã eu conto. Até a próxima!