segunda-feira, 19 de maio de 2014

ILUSÃO E REALIDADE - Por Rodrigo Curty

A quinta rodada do Brasileirão, série A foi bastante interessante e também serviu para analisarmos o que podemos de fato esperar ou não se iludir durante o torneio.
O Cruzeiro, por exemplo provou que apesar de ter sido eliminado nas quartas de finais da Libertadores, em plena Arena Mineirão, é ainda um forte favorito no Nacional. A Raposa passou dificuldade, mas venceu o o Coritiba por 3x2. Longe de achar que os comandados de Marcelo Oliveira estejam jogando bem, mas que chegarão longe, isso eu não duvido.

O mesmo serve para o Grêmio. O tricolor gaúcho também foi eliminado nas quartas do torneio continental, e deve chegar no mínimo entre os classificados para retornar a Libertadores em 2015. A vitória magra de 1x0 sobre o também, no meu entendimento favorito ao título Fluminense dá moral, pelo menos até a parada para a Copa. 

Outro tricolor que mostrou serviço foi o São Paulo. A vitória de 2x0 sobre o Flamengo, no Maracanã trás de volta a confiança ao torcedor, porém o menos apaixonado reconhece que ainda falta muita coisa para o time entrar como um sério candidato ao caneco. O time é limitado, mas conta com jogadores de peso como Rogério Ceni, apesar das controvérsias, Ganso, Pato e Luis Fabiano, isso sem falar no "cara" que conhece bem a competição de pontos corridos, Muricy Ramalho. Do lado do rubro-negro, em caso de não se reforçar, provavelmente brigue apenas para não cair. Mudanças à vista.
Outra equipe que não pode se iludir, mas prova que a tese de quem faz o resultado é o time e não apenas o treinador é o Palmeiras. Alberto Valentim assumiu como interino, e nas últimas três partidas, três vitórias.Ontem por 1x0 sobre o rubro-negro baiano que só não saiu no mínimo com o empate, graças ao goleiro Fábio, que mostra ter talento.É importante ressaltar que o Verdão, em caso de terminar bem colocado até a parada para a Copa deve promover o interino ou cometer o erro de outros tempos, quando preferiu medalhões no comando, Jorginho que o diga em 2009. O importante agora é não se iludir.
Outro que tem time, mas não conta com um padrão bem resolvido é o Corinthians. É bem verdade que a primeira derrota no torneio não pode abalar o experiente elenco, mas entrou para história. Foi a estreia em sua casa, o estádio do Itaquerão.Melhor para o Figueirense que marcou seu primeiro gol na competição e espera por dias melhores, o que sinceramente acho pouco provável.
E o Santos? Pois é, o Peixe até que começou bem contra o Atlético MG. Fez 1x0, mas cedeu a virada com o ex-jogador do clube, o atacante André, autor dos dois gols da virada na vitória por 2x1. O time da Vila é limitado e precisa de reforços, o Galo, bem se não houver desgaste emocional pode ir longe.
O outro Atlético, o paranaense não empolga. O time não está em harmonia com sua torcida e treinador. Deve também passar maus bocados no torneio.Ontem deixou a vitória escapar no finalzinho contra o fraco time da Chapecoense. 1x1 com sabor de vitória para os catarinenses.

Por fim, o líder da competição, o Internacional de Porto Alegre não saiu do 0x0 contra o Criciúma. O Colorado está mais maduro e aos poucos prova porque pode sim ser uma das apostas ao título, mas com todo respeito ao Tigre, mas perder esses preciosos pontos pode ser crucial aos comandados de Abel Braga. 

Antes que alguém sinta falta de algumas equipes aqui não mencionadas, a quinta rodada foi antecipada com a vitória do surpreendente Goiás sobre o regular Botafogo por 2x0 e, por questões de segurança em Recife, Sport e Bahia foi adiado para o dia 04/06.

Até a próxima!