segunda-feira, 26 de maio de 2014

RESSURREIÇÃO, PÉS NO CHÃO E POLÊMICA NA RODADA - Por Rodrigo Curty

E a sétima rodada do Brasileirão, série A foi excelente para o líder Cruzeiro, Fluminense, Goiás e São Paulo e ruim para o embalado Palmeiras, Internacional e Coritiba. Fora isso, destaque para a importante goleada do Corinthians que fez Mano Menezes ganhar sobrevida. É importante não esquecermos que pelo nível técnico do futebol brasileiro, os times que vencem bem em uma rodada, voltam a ser questionados em outras, por isso é bom manter os pés no chão e não empolgar muito. Vamos as análises.
No sábado em rodada de tricolores, o Fluminense sofreu, mas com sabedoria e competência segurou o importante 1x0 sobre o Bahia, em Barueri e segue firme na segunda colocação. Já o São Paulo se recuperou da goleada contra o tricolor carioca e venceu o tricolor gaúcho por 1x0, em partida equilibrada.O time de Muricy Ramalho chegou aos 12 pontos e ocupa a sétima colocação.

Nos jogos de ontem, o Cruzeiro provou que ainda é uma das melhores equipes do país. O adversário foi o forte time do Internacional, que era o último invicto da competição, mas que com a derrota de virada por 3x1, chegou a terceira partida sem vitória. Se não bastasse, a Raposa também conta com o artilheiro do torneio, o atacante Marcelo Moreno com cinco gols.
No frio Morumbi, Santos e Flamengo não saíram do 0x0, porém com oportunidades para ambos os lados. As equipes são limitadas e se não se reforçarem devem sofrer até o final. Os problemas internos são comuns em ambas as equipes. Olho neles, pois em breve, provavelmente teremos mudanças. Outro que empatou em casa foi o Atlético MG. O Galo recebeu o Criciúma e não saiu do zero. Definitivamente, o trabalho de Levir Culpi seguirá sendo questionado. É nítida a insatisfação de alguns jogadores. O Tigre comemorou o resultado.
Quem perdeu uma ótima oportunidade de pular para a terceira colocação foi o Palmeiras. Ainda sob os olhares do novo treinador, o argentino Ricardo Gareca, a sequência de vitória de Alberto Valentim terminou.A derrota por 2x0 para a Chapecoense, que conquistou sua primeira vitória não deve abalar a equipe, porém mostra que com desfalques pontuais, o time também sofrerá na competição.
No clássico Atletiba, o Furacão se deu bem. Passou pelo preocupante time do Coxa Branca por 2x0. Ainda falta muito para acreditar que os paranaenses consiga ir longe, mas as vitórias em casa serão fundamentais pelo menos para a sobrevivência na elite do futebol brasileiro.
O Botafogo não se acerta. O Glorioso é outro que preocupa o torcedor. O time bem que tentou, mas não conseguiu sair do empate de 1x1 contra o também desesperado Vitória. Mudanças à vista em General Severiano.
Já o Figueirense que voltou a atuar em seu Estádio, o Orlando Scarpelli se deu mal. O time foi derrotado para o surpreendente Goiás por 1x0. O Esmeraldino alcançou a terceira colocação com 14 pontos, quem poderia esperar?Mesmo assim, eu arrisco dizer que com o atual elenco, uma hora a queda na tabela será evidente, vamos aguardar.
Por fim, o Corinthians. O Timão voltou a jogar bem, e de quebra retomou o caminho das redes. Com a corda no pescoço, Mano Menezes teria problema, em caso de novo tropeço. Azar do Sport, que até então fazia boa campanha, mas que não viu a cor da bola. Em tarde inspirada de Romarinho e Jadson, cada um com dois gols na goleada de 4x1, o time paulista quebrou um tabu de 15 anos sem vencer na Ilha do Retiro pelo Brasileirão e agora respira na tabela com 12 pontos. É aguardar para ver se o time também jogará bem em casa. Nas duas próximas partidas antes da parada para a Copa contra Cruzeiro e Botafogo, o mando é do Timão. 

Até a próxima!