terça-feira, 10 de junho de 2014

ORA POIS, PORTUGAL - Por Rodrigo Curty

E a Seleção de Portugal se despediu e bem do período de amistosos rumo a Copa da Fifa no Brasil. Se anteriormente na vitória de 1x0 sobre o México e o empate sem gols contra a Grécia gerou preocupação, nesta noite, no MetLife Stadium, palco do New York Giants em Nova Jersey, nos Estados Unidos, os comandados de Paulo Bento encararam a Seleção da Irlanda e golearam por 5x1.O placar em si poderia ter sido até maior, se não fosse a trave, exageros dos atacantes e defesas do goleiro Forde. 
O fator principal da partida foi o retorno do melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo. O camisa 7 esteve em campo até os 20 minutos do segundo tempo e teve boa participação. Apesar de não ter balançado as redes, ele tentou de várias formas: cabeça, falta que parou na trave, pé direito e o esquerdo que estava até então lesionado no músculo posterior e com uma inflamação no joelho.
Cristiano Ronaldo não marcou, mas comemorou os gols dos companheiros, Hugo Almeida por duas vezes, Vierinha, Fábio Coentrão e o contra marcado pelo zagueiro Koegue. 
A seleção portuguesa mostrou que pode fazer uma ótima Copa tanto na parte física como na técnica. Apesar do placar elástico, o jogo foi duro e com algumas entradas fortes. Serviu para ver como os lusos podem se comportar no grupo G contra Alemanha, Gana e EUA, considerado um dos grupos da morte do mundial.
O certo é que as outras seleções deste grupo mostraram que também estão preparadas e qualquer vacilo será crucial pelo equilíbrio, mas Portugal mostrou a sua torcida que peças não irão faltar para conseguir o objetivo. Se Bento entrar com Pepe, Varela, Raul Meireles e Hugo Almeida e não estiver satisfeito, terá a disposição importantes nomes como de Luis Neto, Vieirinha, Hélder Postiga e o principal deles, Nani.
É bom respeitar os portugueses e aguardar o que eles podem aprontar na estreia do dia 16/06 às 13h(horário de Brasília) contra a forte e favorita Alemanha. Faça a sua aposta.
Até a próxima!