segunda-feira, 25 de agosto de 2014

CAMPEÃO SIMBÓLICO - Por Rodrigo Curty

E ainda faltam duas rodadas para o término do primeiro turno do campeonato brasileiro, série A, mas já sabemos que o título simbólico é do Cruzeiro. A equipe Celeste chegou ao feito, após a vitória magra, porém importante sobre o Goiás por 1x0.
Disputado desde 2003 na fórmula de pontos corridos, essa é a primeira vez que uma equipe conquista o turno com essa antecedência. Os números são impressionantes. No ano passado o time mineiro também levantou a taça da primeira fase, mas com 37 pontos. Hoje com 39 pontos e sete acima do segundo colocado São Paulo, será difícil o título ser tirado. 
É claro que ainda faltam muitas rodadas e temos pelo menos quatro equipes que podem emplacar uma sequência de vitórias e surpreender no final. Isso ocorreu apenas nas edições de 2008, 2009 e 2012 e, sinceramente não acredito que com o atual elenco e entrosamento dos comandados de Marcelo Oliveira, isso seja capaz. É importante que se diga que apenas a partir de 2006, o Brasileirão passou a ser disputado por 20 equipes, antes eram 24 (2003 e 2004) e 22(2005), ou seja a possibilidade de pontuação diminuiu.
Em relação as equipes que considero favoritas a jogar água no chopp mineiro, estão o São Paulo, Internacional, Corinthians e Fluminense. Curiosamente nesta ordem atrás da Celeste. A razão de acreditar nisso é simples. Vamos as análises.
São Paulo: O tricolor para alegria de seu torcedor, finalmente parece ter encontrado a melhor forma de jogar. O quarteto ofensivo formado por Paulo Henrique Ganso, Kaká, Alexandre Pato e Alan Kardec estão entrosados. O problema para acreditar que a sequência de momento que é de quatro vitórias seguidas se manterá está na parte defensiva. Nesse setor o time tem muita limitação.
Internacional: O Colorado mais uma vez sofre com a síndrome dos pontos corridos. Sempre considerado como um dos favoritos ao título, mais uma vez o time vacila na hora H. Apesar da terceira colocação, os comandados de Abel Braga seguem ladeira abaixo. Já são duas partidas sem vencer, sendo contra dois que disputam a parte de cima. (São Paulo e Atlético MG). Sinal de alerta ligado.
Corinthians: O Timão, assim como o Internacional soma 31 pontos. Mesmo pontuando, a equipe de Mano Menezes está longe de empolgar. Muitas das vezes parece que falta um padrão de jogo bem definido, esse um dos motivos por não conseguir uma sequência boa de vitórias.
Fluminense: O tricolor carioca também andou em crise. Se hoje os 29 pontos são comemorados, a campanha de vencer apenas uma partida nas últimas quatro trouxe preocupação. Agora é saber se Fred e cia realmente embalam.
É importante que se diga que o torneio de pontos corridos nos pregam peças. Por exemplo, equipes como Atlético MG, Santos, Grêmio e até o Flamengo, que chegou a quarta vitória seguida e vê Atlético PR, Sport, Goiás caírem de rendimento, podem biliscar uma vaga na Libertadores.
Vamos aguardar os próximos capítulos desse que é um torneio equilibrado, fraco tecnicamente e que nos permite errar os palpites.
Até a próxima!