quinta-feira, 23 de outubro de 2014

RESTAM OITO - Por Rodrigo Curty


E lá se foi mais uma noite de rodada do campeonato brasileiro, série A. O líder continua sendo o Cruzeiro, mas definitivamente, aquele time que empolgava e sobressaía sobre os outros não existe mais. A questão da diferença técnica, misturada com os objetivos de cada uma das equipes no qual a Celeste enfrenta é um fator considerável.
É bem verdade que os mineiros seguem com certa folga para o segundo colocado São Paulo. São sete pontos e apenas oito rodadas para o término do torneio, mas outras edições já provaram que qualquer vacilo pode ser crucial.
De qualquer maneira, a competição se torna mais atrativa na briga dos que buscam uma das vagas na Libertadores de 2015 e pela permanência. São Paulo, Corinthians, Atlético MG, Internacional, Grêmio e Fluminense devem brigar até o final pelas últimas três vagas do torneio Sul-Americano.
Na parte de baixo, a dupla Ba-Vi, Criciúma e Botafogo ainda podem se salvar, mas vejo possibilidade de mudanças até o 12º colocado, hoje Sport que tem 37 pontos. Há ainda confrontos diretos dessas equipes.
Nesta rodada o equilibrio se mostrou presente, afinal nem os mais otimistas palmeirenses esperavam sua equipe tão aguerrida e corajosa contra o líder.  O empate em 1x1 foi um castigo para o time de Dorival Jr.
O Flamengo afundou ainda mais o Internacional com o triunfo por 2x0, de quebra deixou o Colorado de postulante ao título a um provável eliminado do G4. Quem gostou foi o Corinthians que passou pelo Vitória por 2x1 e alcançou o terceiro lugar.
O Grêmio tem os mesmos 50 pontos do rival, graças a magra vitória de 1x0 sobre o Figueirense. Em relação ao Santos, o time da Vila Belmiro vacilou em casa contra o Fluminense e perdeu pelo mesmo placar. De tanto tentar, o castigo veio no fim e deixou os cariocas esperançosos.
Na luta pela permanência, o Chapecoense não saiu do zero contra o São Paulo, mas respira. O mesmo serve para o Sport, que em casa perdeu de 1x0 para o Goiás e trouxe uma preocupação ao seu fanático torcedor. Apesar dos 37 pontos, é bom não vacilar, como por exemplo fez o Criciúma, que em casa também perdeu por 1x0 para o Atlético PR que parece ter afastado de vez o fantasma da queda.
O mesmo não dá para dizer do Botafogo. O alvinegro passa por um problema sério e não mostra sinais de recuperação. Desta vez, o time foi derrotado pelo Coritiba por 2x0. O Coxa deixou a degola, mas não deve se animar por muito tempo.
Sábado, a bola volta a rolar. Vamos aguardar para ver o que vai dar, mas a expectativa e de mudanças interessantes na tabela.
Até a próxima!