terça-feira, 2 de dezembro de 2014

SELEÇÃO DO BRASILEIRÃO - Por Rodrigo Curty


O campeonato brasileiro está bem perto de seu final. Já conhecemos o campeão e os participantes da próxima libertadores da América, mas apenas no domingo conheceremos os outros dois rebaixados à série B.
Como já é de costume foi feita a eleição dos craques do Brasileirão. Prêmio que tem um critério diferente da Bola de Prata da revista Placar contou com a eleição de diversos jornalistas para todas as posições.
Sinceramente, eu considero esse tipo de prêmio uma besteira. Todos nós temos a nossa seleção, os preferidos, entre outras questões, logo, por mais que seja válido o reconhecimento de A ou B, muita das vezes as escolhas cheiram como algo imposto.  
O Cruzeiro, por exemplo foi o campeão, e assim como explicar ficar sem a maioria dos escolhidos? Para não estender muito, Dedé não deveria ser o melhor zagueiro do torneio, principalmente por ter ficado rodadas de molho. No gol, Jefferson entrou para amenizar a situação do rebaixado Botafogo. Fábio, Marcelo Grohe, Paulo Vitor e pelo menos mais uns dois foram melhores que ele, mas estão fora da Seleção Brasileira.
Como explicar também a ausência de Paulo Henrique Ganso, Barcos e Fred? Enfim, não vale se enfurecer torcedor, isso é apenas um protocolo da CBF e cada um tem a sua Seleção. Éverton Ribeiro é um belo jogador, mas será que não houve exagero para levar o bicampeonato como craque do torneio? Deve estar de malas prontas, assim como outros que se valorizaram na competição como os também cruzeirenses Lucas Silva e Ricardo Goulart.
Apresento abaixo a lista dos escolhidos. Faça você mesmo a sua análise.
 
Goleiro:
Jefferson (Botafogo)

Zagueiros:
Dedé (Cruzeiro)
Gil (Corinthians)

Lateral-direito:
Marcos Rocha (Atlético Mineiro)

Lateral-esquerdo:
Egídio (Cruzeiro)

Volantes:
Lucas Silva (Cruzeiro)
Souza (São Paulo)

Meias armadores:
Éverton Ribeiro (Cruzeiro)
Ricardo Goulart (Cruzeiro)

Atacantes:
Diego Tardelli (Atlético Mineiro)
Guerrero (Corinthians)

Revelação:
Erik (Goiás)

Craque:
Éverton Ribeiro (Cruzeiro)

Técnico:
Marcelo Oliveira (Cruzeiro)

Arbitragem:
Ricardo Marques Ribeiro (Árbitro)
Emerson Augusto de Carvalho (Árbitro assistente)
Marcelo Carvalho Van Gasse (Árbitro assistente)

Até a próxima!