quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

DANUBIO PAGOU O PATO - Por Rodrigo Curty


A rodada de quarta-feira foi bastante intensa pelo Brasil. Libertadores, Copa do Brasil, regionais. Vamos aos destaques.
Em jogo isolado pelo campeonato paulista, o mixto do Corinthians não teve dificuldade para vencer o Linense por 2x0, com destaque para o colombiano Stiven Mendoza. O Timão é líder do Grupo 2 com 13 pontos e um jogo a menos.
Na Copa do Brasil, torneio que é conhecido como o caminho mais perto para Libertadores do ano seguinte teve surpresas.  
Asa –AL e o América – MG se deram bem e eliminaram a partida de volta contra o São Raimundo-RR e Luziânia – DF, respectivamente. O Santo André foi derrotado pelo Goiás por 1x0 e agora terá que reverter em Goiânia.
Já o Flamengo estava com o jogo na mão contra o Brasil de Pelotas, mas perdeu a chance de matar a partida e nos acréscimos levou um gol que força a partida de volta no Maracanã. 
Confira os outros resultados.
Estrela do Norte-ES 3 x 2 Sampaio Corrêa
Amadense-SE 1 x 2 CRB
Moto Club 1 x 1 Boa Esporte

Pela Libertadores da América, o Atlético MG se deu mal. Nem mesmo a atmosfera do Independência ajudaram o Galo. Desta vez quem caiu morto no Horto foi o time da casa. Perdendo muitos gols, lento em alguns momentos e dando campo para o Atlas do México, veio o castigo no fim. Em linha boba de impedimento de Patric, Suárez fez a festa do adversário e complicou a vida dos mineiros na competição. 2 jogos e duas derrotas. Faltam quatro partidas, mas jogando como está, será difícil depender daquele espírito guerreiro que adorava as adversidades em 2014. Nunca é demais lembrar que o elenco é outro.
Já o rival Cruzeiro cansou de perder gols na altitude de Sucre. Encarou o Universitário e comemorou o empate sem gols. De certa forma, o placar não foi ruim, uma vez que em casa a tendência é que a Raposa some três pontos.
E o São Paulo? Pois é, o tricolor fez bem o seu papel no Morumbi. Recebeu o rápido, mas fraco e inexperiente Danubio do Uruguai. E olha que engana-se quem acha que o placar de 4x0 foi conquistado de forma tranquila. Os uruguaios se aproveitaram das falhas de marcações, mas pararam em Rogerio Ceni.
A torcida, menos de 20 mil, por uma série de fatores, entre eles o dos problemas para a compra dos ingressos, apoiaram a equipe, gritaram o nome de Muricy Ramalho e Telê Santana e se acalmaram um pouco para a sequência do torneio. O grande destaque da partida foi Alexandre Pato, que não pode atuar contra o Corinthians, por questões contratuais e provou que realmente fará de tudo para conquistar a principal taça da América.
A formação da equipe foi a que os tricolores esperavam ver contra o rival na estreia, quando acabou derrotado por 2x0. Reinaldo na lateral esquerda foi bem. Deu passe para o primeiro gol e marcou o dele. Bruno, bastante criticado também acertou o pé para o segundo gol de Pato. O outro gol foi marcado por Cafu. Agora resta saber como será daqui para frente a relação do treinador com o presidente Aidar. Creio que bastará nova derrota para a turbulência voltar. No considerado grupo da morte, certo mesmo é afirmar que quem tropeçar contra o Danubio dará adeus.

A outra partida que movimentou o torneio ontem foi a bela vitória dos argentinos do Estudiantes por 3x0 sobre o Barcelona (EQU).
Até a próxima!