segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

O VALOR DO TRES - Por Rodrigo Curty

E os regionais começaram pelo Brasil. De Norte a Sul a bola fez a alegria e a tristeza de muitos torcedores. O ponto curioso da rodada nesse final de semana foram as vitórias da maioria dos favoritos pelo placar que levou o três na frente.
No Rio de Janeiro, o Flamengo foi o único grande que não triunfou.  Empatou em 1x1 com o recém novato time da série B do nacional, o bom time do Macaé. Os outros considerados grandes venceram, mas nenhum com o placar de três gols a favor. O Fluminense venceu o Friburguense por 2x1. O Vasco fez 2x1 na Cabofriense e o Botafogo triunfou por 1x0 contra o Boavista.
No Sul, o Grêmio fez 3x0 no União Frederiquense. O Internacional empatou em 1x1 com o Lajeadense e perdeu a Recopa Gaúcha nos pênaltis (3x1).
Em Minas, nenhuma surpresa para Atlético MG que passou pelo Tupi por 2x0 e Cruzeiro que levou um susto, mas virou para cima do Democrata GV (2x1).
No Pernambucano teve clássico na primeira rodada. Melhor para o Sport que atropelou o renovado Santa Cruz. Vitória de 3x0.
Já em São Paulo, o placar com três se fez presente em todos os grandes. O Santos venceu o atual campeão Ituano por 3x0. O Palmeiras, no sábado estreou contra o Audax, de Osasco e venceu por 3x1. O Timão que pensa na pré-libertadores contra o Once Caldas na próxima quarta-feira, na Arena Corinthians passou pelo Marília, no mesmo estádio por 3x0. Por fim, o São Paulo venceu a Penapolense, fora de casa por 3x1 e, de quebra viu Luis Fabiano marcar seu gol de número duzentos com a camisa tricolor.
As equipes fizeram a lição de casa, porém é difícil avaliarmos quem foi o melhor. As equipes derrotadas são bem parelhas, mas de todos os comandados de Muricy jogaram fora de seus domínios.
Tem muita coisa para acontecer e avaliações a serem feitas no decorrer do torneio, mas é certo afirmarmos que nem tudo será um mar de rosas para aqueles que se dividirão com outras competições, isso você pode anotar.
Até a próxima!