quarta-feira, 6 de maio de 2015

LIBERTADORES EMPOLGA O PAÍS - Por Rodrigo Curty


A quarta-feira foi exemplar no mundo da bola. Jogos de qualidade, estádios lotados, surpresas e belos gols.
No maior torneio do planeta, o Barcelona comprovou sua ótima fase e atropelou o todo poderoso Bayern de Munique. A torcida presente no Camp Nou saiu comemorando e muito a vitória por 3x0, fora o baile.
Os alemães não viram a cor da bola. Pep Guardiola que encarava seu ex-clube pela primeira vez ficou boquiaberto e com certeza encantado com o futebol de Messi e cia. Vale lembrar que nas quartas de final, o Porto também fez o elástico placar e levou a virada na Alemanha, mas o Barça não é o Porto. Deve ser um jogão na volta.
Aqui no Brasil, a Copa do Brasil trouxe como destaque o sinal de alerta para os times paranaenses. O Atlético venceu o Tupi por 2x1, mas como foi derrotado na primeira partida por 1x0, deu adeus à competição. Já o Coritiba foi derrotado pelo Fortaleza por 2x1 e decide agora no Couto Pereira a sua sobrevivência. Por fim, o time do interior foi valente. Perdendo por 2x0 para o Santos, o Maringá conseguiu arrancar o empate e agora joga por uma vitória na Vila Belmiro.  
Na Libertadores da América, os brasileiros entraram em campo e foi um haja coração para alegria dos brasileiros que adoram esse torneio.
O então todo poderoso Corinthians foi surpreendido pelo Guarany, do Paraguai. O Timão há algum tempo vem jogando longe de suas expectativas. O time que antes era o que deveria ser batido, agora virou um de gozações e previsível. Ora, os adversários também tiveram seus méritos. O fato é que quando o problema afeta o bolso, não há supremacia que dê jeito. Tite escalou o Timão errado. Colocou Luciano ao invés de Vagner Love, enfim, ele sabe melhor do que ninguém o que é melhor para o time. A derrota de 2x0, com direito a falha incrível de Cássio, ainda foi vista como lucrativa. Os paraguaios também fizeram o placar contra o Racing na fase de grupos, e na volto levou uma goleada. Acredito que tudo volte ao normal na 4ªfeira que vem, mas não me surpreenderia se for uma noite daquelas que nada dá certo. Vamos aguardar.
Já no Morumbi, o São Paulo encarou o Cruzeiro e foi muito bem. Mas aguerrido, o tricolor parou nas defesas fantásticas de Fábio. Se tecnicamente a equipe ainda está aquém das expectativas, no quesito vontade de vencer isso ninguém pode negar. Destaque da partida, o lateral Bruno foi responsável por quase todos os lances de perigo e pelo cruzamento do gol que veio, graças a ajuda dos mais de 66 mil torcedores. O grito de gol saiu nos apenas no minutos finais com Centurion que substituiu Michel Bastos com dengue. A Raposa ainda saiu no lucro, pois no Mineirão sabe que a situação tem tudo para se reverter, porém não acredito que o São Paulo fique sem marcar pelo menos um gol, o que dificultaria ainda mais a vida dos mineiros. Vale acompanharmos.
Outro grande jogo da noite aconteceu no estádio Independência. Se para muitos, caiu no Horto está morto, para o Internacional a história foi diferente. O Colorado fez uma bela partida contra o Atlético MG. Ficou à frente do placar em duas oportunidades, mas a mística arquibancada/campo que vem das arquibancadas se fez mais uma vez presente. O Galo chegou ao empate aos 49’ com o seu capitão Leonardo Silva. O placar foi bom para os gaúchos que podem empatar em 0x0 ou 1x1 e mesmo assim avançar. Um novo 2x2, conheceremos o classificado às quartas nas penalidades. Acredito que dê Internacional.
Até a próxima!