sábado, 6 de junho de 2015

QUEM FICA COM A ORELHUDA - Por Rodrigo Curty

E hoje a bola rola para mais uma decisão do principal torneio do mundo do futebol. Trata-se da Copa dos campeões que há dez anos não empolgava tanto os apaixonados pelo esporte Bretão.
A competição de lá para cá ganhou muito em publicidade, organização, respeito e números e mais números em premiação. É um torneio que prende a atenção até daqueles que nem sabem o que é o futebol.
Nesta tarde, Berlim será o palco da decisão de duas grandes equipes que atropelaram com propriedade os seus adversários. Será uma luta entre a escola espanhola contra a italiana.
Juventus e Barcelona, Barcelona e Juventus, de quebra buscam a tríplice coroa na temporada. O time italiano conquistou o Scudetto e a Copa da Itália. O catalão o Espanhol e a Copa do Rei.
Quem vencer escreve o nome do grupo seleto de sete equipes que já conseguiram o feito: Celtic (1967), Ajax (1972), PSV (1988), Manchester United (1999), Inter de Milão (2010), Bayern de Munique (2013) e o próprio Barcelona de 2009. 
Será definitivamente um jogo de ataque contra defesa. Velocidade, agressividade contra a paciência e a frieza. Se de um lado teremos o trio formado por Messi, Neymar e Suárez, responsáveis por um ataque avassalador com 120 gols marcados, do outro estará uma equipe que vem de uma sequência de nove vitórias seguidas, sendo cinco sem sofrer gols. Essa a maior força, pois balançar as redes não é o forte da Juventus, foram apenas 104 na temporada.
Mais isso não importa. Ambos chegaram a decisão eliminando nada mais que o Bayern de Munique e o Real Madrid, atual campeão. Esse será o terceiro duelo das equipes no novo formato da competição. Antes se confrontaram nas quartas de final de 2002/03, no qual a "Velha Senhora" levou a melhor, vencendo inclusive no Camp Nou. 
São vários os ingredientes e a tendência é que a partida seja decidida nos 90', mas porque não torcermos para uma prorrogação e até por decisão nos penâltis? Seria maravilhoso vibrar por mais tempo com esse verdadeiro futebol.
Faça a sua aposta. Será que Messi, artilheiro da Champions com 10 gols, juntamente com Cristiano Ronaldo entrará para a história como sendo o primeiro jogador a marcar em três finais disputadas? Ele fez em 2009 e 2011. O argentino sabe tudo da competição. Até aqui já foram 77 gols marcados em 97 jogos. Marcou também os sete gols nos últimos cinco jogos contra equipes italianas.
Se o Barça busca sua quinta "Orelhuda", o Juventus quer seu terceiro após 12 anos ausente de uma final. Tem a síndrome do vice, uma vez que foi a equipe que mais perdeu em finais, junto com Benfica e Bayern de Munique, um total de cinco vezes. O Barcelona venceu quatro em sete decisões disputadas. 
Quem leva a melhor? O time comandado pelo líder e fantástico goleiro Gianluigi Buffon, e de qualidade e experiência de Pirlo, Barzagli, Lichtsteiner, Evra e Tevez ou o dos artilheiros Messi, Neymar( 9 gols) e Suárez? É aguardar para ver.
As equipes devem entrar assim:
Até a próxima!