domingo, 9 de agosto de 2015

O EQUILIBRADO CAMPEONATO BRASILEIRO - Por Rodrigo Curty


O campeonato brasileiro segue com tudo em todas as suas divisões. A Série B, por exemplo prova que as equipes que sonham em retornar ou chegar pela primeira vez à elite, no ano que vem seguirá firme até o final do campeonato.
Se o torneio terminasse hoje, a dupla Ba-Vi, o América MG e o Botafogo seriam esses felizardos. O curioso é que a diferença do líder até o sétimo colocado, hoje o Paysandu, é de apenas quatro pontos.
Já no Brasileirão, a inconstância se fez presente na 17ª rodada. Os clubes do G4 decepcionaram. O Atlético MG não saiu do zero contra o Goiás, mas segue líder, graças ao empate em 1x1 do Corinthians contra o São Paulo, em partida polêmica. O Fluminense não consegue emplacar uma sequência de vitórias. Desta vez, o tricolor perdeu de 1x0 para o Avaí, mas segue firme entre os quatro primeiros.
O Sport, por sua vez, apenas para variar, empatou mais uma. Vencia o Atlético PR, fora de casa por 1x0 e permitiu o empate no último lance do jogo. O mesmo ocorreu com a Chapecoense. O time de Chapecó vencia o Figueirense por 2x0 no clássico e permitiu o empate. Esses pontos poderão fazer falta lá na frente.
Quem mais se deu bem na rodada foi o Grêmio. O tricolor goleou o Internacional, em um Gre-Nal histórico. 5x0, com direito a penalidade perdida e voltou ao G4. Agora é saber se manterá a sequência que a torcida tanto espera. Na próxima rodada encara o Galo, se vencer diminuirá a diferença para três pontos.
No Mineirão, o Palmeiras vacilou mais uma vez. Levou uma pressão do desesperado Cruzeiro, que mesmo perdendo um pênalti venceu por 2x1. O resultado ajudou os mineiros a se distanciarem do Z4. Outro que voltou a vencer, após sete rodadas foi a Ponte Preta. A Macaca segurou a pressão do rubro-negro, que mandou duas bolas na trave e parou em Marcelo Lomba. Na bola parada, Pablo decretou o triunfo e três importantes pontos na estreia de Doriva. Segue a asa negra para o Flamengo.
Quem lamentou mais um empate foi o Vasco. O Cruz-maltino não conseguiu furar a defesa do Joinville e teve que se contentar em terminar a rodada na zona de rebaixamento.
E o Coritiba? Pois é, o Coxa Branca perdeu mais uma. Desta vez para o crescente Santos por 3x0. O Peixe respira e quer mais. Será que dá?
Faltam duas rodadas para terminar a primeira fase da competição. A tendência é que mude pouca coisa, mas no segundo turno muita coisa nos espera, pode acreditar.
Até a próxima.