quarta-feira, 9 de setembro de 2015

TIMÃO TROPEÇA, GALO ENCOSTA E PEIXE ENCANTA - Por Rodrigo Curty


E o Brasileirão segue à toda. A abertura da 24ª rodada foi ótima para o Atlético MG e Santos, boa para a dupla Gre-Nal, Atlético PR e Fluminense e péssima para Palmeiras, São Paulo, Avaí, Figueirense e Ponte Preta.
Das equipes que não foram citadas, o Corinthians, apesar do empate contra o Grêmio segue líder, mas agora com uma vantagem de três pontos para o Galo, que venceu o Avaí por 2x0. O Timão sentiu as ausências de seus defensores e só não perdeu o jogo porque o tricolor gaúcho não teve a competência nas finalizações.
Já o Vasco voltou a vencer após quase dois meses de jejum. O time da Colina ainda está muito longe de se salvar do rebaixamento, porém a vitória dá um pouco de moral para a sequência do “ um jogo de cada vez”. Para a Ponte Preta, a derrota foi péssima e ligou o sinal de alerta contra um novo rebaixamento. Outro que deve se atentar é Coritiba, afinal perder pontos em casa na sua atual situação não é nada bom. Melhor para o tricolor carioca, que apesar de seguir sem vencer, conseguiu um importante ponto na tabela.    
O Internacional segue em altos e baixos. Desta vez passou pelo Palmeiras pelo magro, porém importante placar de 1x0. O Colorado jogou quase todo o segundo tempo com um jogador a mais e mesmo assim, quase levou o empate. O Verdão chegou à sua terceira partida sem triunfar. O torcedor está preocupado pelo distanciamento do G4.
No caso do Atlético PR, mesmo fora do G4, o ponto conquistado em Florianópolis deve ser bastante comemorado. O Furacão está há quatro jogos sem perder e segue surpreendendo.
Mas o grande destaque da rodada foi a vitória maiúscula do Santos por 3x0 sobre o São Paulo. O Peixe se reencontrou com Dorival Jr. Já são 13 jogos, contando Brasileirão e Copa do Brasil sem saber o que é perder. O time está bem equilibrado e com os pés no chão. A fórmula de mesclar jovens e experientes mais uma vez está dando certo na Vila. O sonho do G4 é uma realidade, ainda mais quando joga em casa, local que só foi derrotado uma vez no ano. Fora isso, hoje disparado joga o futebol mais ofensivo e bonito de se ver. Do lado do tricolor, mais uma vez faltou futebol e sobrou em invenções. O time não consegue uma regularidade e sofre com o que tem de opções no plantel. Apesar de ainda dormir no G4, hoje pode trocar de lugar com o Flamengo, caso esse vença o Cruzeiro no Maracanã.
Ainda fecham a rodada, Goiás e Sport e o clássico catarinense entre Joinville e Chapecoense.
O torneio ainda nos reservará surpresas. É bom manter o coração afiado para não se empolgar muito nas vitórias e aguentar nos momentos desastrosos.
Até a próxima!