segunda-feira, 5 de outubro de 2015

CORINTHIANS EMPATA, MAS MANTÉM BOA MARGEM PARA O GALO - Por Rodrigo Curty


E o Brasileirão promete fortes emoções em sua reta final. Agora faltam apenas nove rodadas e qualquer vacilo poderá ser crucial.
Apesar de parecer fácil arriscar o que teremos pela frente, o campeonato está bem nivelado. Favoritos perdem quando se menos espera e pequenos surpreendem e ganham sobrevida. São raras as exceções de acertos, entre elas manter a opinião de que o Corinthians será o campeão.
O Timão segue firme na liderança. É bem verdade que sofreu para empatar com à Ponte Preta, em Campinas por 2x2. Mesmo assim a diferença para o segundo colocado Atlético MG que venceu bem o Coritiba por 3x0 é de cinco pontos. O Galo, apesar de seguir sem poder errar não dá pinta que conseguirá manter a pegada. Arrisco dizer que perderá a segunda colocação nas rodadas finais, mesmo com os vacilos de Grêmio e Palmeiras, por exemplo.
O primeiro não saiu do zero com o Cruzeiro, que ainda se assusta com o rebaixamento. O segundo foi massacrado pelo Chapecoense por 5x1 e deixou o G4, agora com a presença do Santos que venceu o Fluminense por 3x1. Desde 2010, o Peixe não entrava no grupo dos melhores da competição. Pode ir mais longe, mas deve se atentar com quem vem logo atrás. Falo do São Paulo que com uma vitória magra de 1x0 venceu o Atlético PR e o Flamengo que voltou a triunfar, após três derrotas seguidas e que retomou o caminho para voltar à Libertadores. A disputa será bem interessante.
Na parte dos desesperados, a luta é cada vez mais intensa e equilibrada. O último colocado é o Joinville, e mesmo assim com chances de permanecer na elite em 2016. O Vasco com 27 pontos teve uma recuperação impressionante e deve escapar em breve da degola, pois acima dele estão Figueirense e Goiás com 31 pontos. Ambos não acham o caminho das vitórias. O mesmo serve para o Coritiba que não vence há duas rodadas e para o Avaí que empatou com o Cruz-maltino e tem apenas 33 pontos. Anotem, pois acredito que um dos dois em breve entrarão no Z4.
No início da competição eu palpitei que os quatro rebaixados sairiam do bolo que teria os quatro catarinenses, Goiás e a dupla paranaense. Será? Vamos aguardar. Faça a sua aposta.
Até a próxima!