quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

SÃO PAULO SE DÁ BEM NA 1ª FASE DA LIBERTADORES - Por Rodrigo Curty


Salve o tricolor paulista. Pois é, o São Paulo Futebol Clube tem tudo para resgatar a sua força na Libertadores da América.
O tricampeão que chega a sua 18ª participação no torneio jogará a primeira fase contra o Club Deportivo Universidad César Vallejo, uma equipe de pouca tradição no Peru e que jogou apenas uma Libertadores em sua história, sendo eliminada na primeira fase contra o Tolima(Col), em 2013. Além disso, o clube que foi fundado em 1996, jamais levantou uma taça em seu país.    
A torcida são-paulina está empolgada, mas também sabe que apesar disso é bom respeitar, afinal o futebol, quando se menos espera, causa surpresas. Isso sem dizer que o time está em formação e precisa ser conhecido melhor pelo treinador Edgardo Bauza, que busca o tri da competição.
Como eu não fico em cima do muro, cravo como certa a passagem à fase de grupos. No caso, seria o de nº 1, que tem a presença do atual campeão River Plate(Arg), The Strongest (Bol) e o Trujillanos (Ven).
Conheça um pouco mais dos adversários:
River Plate (Arg): Os argentinos já disputaram 31 vezes e levantaram três taças do torneio. Entra nesta edição por ter sido o último campeão. Espera surpreender mais uma vez e tem como destaque – Barovero, Alario, Sánchez, Maidana,Mora e Pisculichi.
Club The Strongest (BOL): Os bolivianos chegam mais uma participação no torneio. Em 1990 e 1994 chegaram à segunda fase. Nessa edição, o vice-campeão da temporada 2014/2015 boliviano quer mais. Olho atento para - Pablo Escobar, Chumacero, Ramallo e Vaca.
Trujillanos Fútbol Club (Ven): Os venezuelanos dificilmente terão sucesso. A vaga veio graças ao vice-campeonato da temporada 2014/15. Destaques para Sosa e Herrera.
São Paulo e River Plate devem avançar, mas só tradição não garante passagem, ou seja, terão que suar bem a camisa.
Até a próxima