quinta-feira, 10 de março de 2016

SÃO PAULO E ATLÉTICO MG EMPATAM NA LIBERTADORES - Por Rodrigo Curty

A quarta-feira foi muito ruim para os clubes brasileiros na Libertadores. Nesta quinta-feira, porém, o São Paulo e o Atlético MG jogaram fora de seus domínios contra o River Plate(Arg) e o Colo-Colo(Chi) respectivamente e conseguiram um bom resultado.
O Tricolor finalmente para sua torcida teve outro tipo de postura. O ambiente conturbado, a expectativa da "fogueira" contra Edgardo Bauza e a preocupação com salários e grupos divididos ficou em segundo plano.
O adversário era nada menos que o atual campeão da competição. Teve a seu favor um Monumental de Nuñez lotado, mas não conseguiu triunfar. Ambas as equipes conseguiram boas oportunidades para vencer a partida, porém pararam nas defesas de seus goleiros. O do time paulista, aliás foi infeliz no gol de empate. Dênis se redimiu na segunda etapa, mas será sempre lembrado pelo vacilo. Paulo Henrique Ganso mais uma vez foi importante. Marcou seu terceiro gol seguido e aos poucos ganha o respeito do torcedor. 
O ponto conquistado foi comemorado, mesmo ainda tendo que aguardar se em casa, a vitória se consolidará. As chances são boas, principalmente pelo retrospecto contra os argentinos.
Já no Chile, o Colo-Colo foi melhor que o Atlético MG que não pode contar com Robinho, devido a uma picada de inseto. No campo o jogo foi eletrizante. O bem da verdade é que ambos tiveram muitas chances para tirar o zero do placar. A partida foi bem equilibrada e presenteou os torcedores com ótimos lances, muitas jogadas trabalhadas e chutes parando nos goleiros. Na semana que vem, o Horto estará lotado e o atleticano confiante de que os três pontos virão para se manter ainda mais líder do grupo 5. O Galo é sem dúvida até aqui a equipe brasileira mais bem organizada e com um plantel que pode dar conta do recado. 
Tem muita coisa pela frente e sabemos que no mata-mata nem sempre o melhor levará a vaga. Libertadores é outro campeonato e por isso, qualquer vacilo na hora H custará caro.
Até a próxima!