terça-feira, 15 de março de 2016

GRÊMIO ARRANCA EMPATE HERÓICO NA ARGENTINA - Por Rodrigo Curty

O Grêmio voltou a campo pela Libertadores nessa terça-feira. Longe de ter feito uma atuação de gala, muito pelo contrário, o Tricolor gaúcho sofreu demais para arrancar de forma heróica o empate contra o San Lorenzo, na Argentina.
O time comandado por Roger Carvalho só não levou uma sonora goleada porque Marcelo Grohe teve uma noite para jamais ser esquecida.
O arqueiro convocado por Dunga para os desafios das Eliminatórias da Copa de 2018 só não fez chover. O início da partida já demonstrava o que a torcida poderia esperar. Ortigoza, de pênalti, abriu o placar aos 3'.
A pressão foi intensa e as chances sendo desperdiçadas. O time brasileiro não se encontrava em campo, era dominado pelo time do Papa Francisco, que viu o adversário contando com milagres para não ser massacrado.
A máxima do futebol se fez presente aos 44' da etapa final. Como quem não faz leva, restou ao jovem talento Lincoln empatar a partida e manter viva as chances de classificação à próxima fase. O Tricolor está na segunda colocação com cinco pontos e terá pela frente mais uma pedreira. Daqui um mês, o adversário será não só a LDU, mas também a conhecida altitude de Quito.  É bom recuperar o fôlego e não ficar na expectativa de ter apenas em Grohe a certeza de ficar de pé.
Até a próxima!