quinta-feira, 17 de março de 2016

CUCA ESTREIA COM DERROTA - Por Rodrigo Curty

O Palmeirense sonhava com um início promissor de seu novo comandante, mas não foi bem isso que aconteceu. Cuca e cia foram derrotados pelo bom time do Nacional (Uru) pela Libertadores da América.
É claro que nem sempre uma derrota é vista com maus olhos, porém, a preocupação se mantém viva na torcida palestrina. Se com Marcelo Oliveira, o time não conseguia encontrar um padrão de jogo, era confuso e jogava com muito mais coração do que técnica, com Cuca nesse primeiro desafio, a tendência é que isso se mantenha por um bom período.
O treinador quis inovar na escalação e se deu muito mal. Para se ter uma ideia, Cuca modificou seis titulares da equipe derrotada pelo mesmo adversário da semana passada na Arena Palmeiras.
Se com Marcelo Oliveira o Verdão tinha em campo Thiago Martins, Thiago Santos, Jean, Robinho, Gabriel Jesus e Cristaldo, com Cuca, quem levou a melhor foram: Edu Dracena, Egídio, Gabriel, Arouca, Allione e Alecsandro.
Ora, longe de querer questionar se o treinador acertou ou errou, mas o fato é que a mudança deveria realmente ter sido feita, talvez não nessa proporção e velocidade. Não teria tirado Thiago Santos, Jean, Robinho e Gabriel Jesus, pelo menos não no início, afinal ficou provado que nas substituições, o time melhorou.
A derrota por 1x0 foi justa, afinal o time paulista não assustou o gol adversário. Jogou muito aquém das expectativas. O trabalho será árduo e a classificação para à próxima fase ficou complicada. Com apenas quatro pontos no Grupo 2, o Verdão terá pela frente, fora de casa, o Rosário Central, que venceu o River Plate ( Uru). Faça a sua aposta, a minha é que não tem nada definido, afinal, a Libertadores prega peças quando se menos espera.
Até a próxima!