sexta-feira, 10 de junho de 2016

EUROCOPA APRESENTA PROTESTOS, VIOLÊNCIA E VITÓRIA DOS BLEUS - Por Rodrigo Curty

E a bola rolou para o início de mais uma Eurocopa. Nessa edição, o torneio que conta com os principais países do mundo do futebol será realizado na França.
O país, por atravessar uma série de problemas externos com greves, protestos por melhores condições de trabalho e possíveis ataques terroristas preocupa os organizadores. Sem dúvida essa edição é a mais temível até aqui. 
Apesar de todos esses ingredientes, no quesito futebol, o torcedor viu antes de França e Romênia, uma linda festa.
Personalidades franceses marcaram a cerimônia de abertura da competição. O quesito música foi conduzido pelo DJ David Guetta e pela sueca Zara Larsson, responsável pela canção oficial. No gramado, uma cobertura que , no gramado um grande jardim apareceu, junto com carrossel e dançarinos. Os presentes nas arquibancadas do Stade de France fizeram mosaicos das bandeiras dos países participantes juntamente à Torre Eiffel de plástico erguida à frente do público. No céu, um traço lindo nas cores da bandeira francesa era deixado pelos aviões das forças armadas.
No campo, a alegria seguiu. Os donos da casa fizeram bem o seu papel e venceram por 2x1. A partida foi tensa, nervosa, bem disputada e deu a certeza de que a França está mais madura e equilibrada pós-Copa no Brasil e podem sim voltar a incomodar os outros países. 
Vale a pena ficar de olho em nomes como Lloris; Sagna, Rami, Koscielny, Evra; Pogba; Griezmann; Giroud e Payet. 
Até a próxima!