segunda-feira, 19 de setembro de 2016

INTERNACIONAL E A SENDA DE DERROTAS - Por Rodrigo Curty

E mais uma vez o torcedor do Internacional sofreu no Brasileirão. O adversário era o América MG, lanterna da competição. O Colorado definitivamente não consegue se encontrar no torneio, aliás, como o seu grande rival - Grêmio. Foi a terceira derrota seguida.
A partida dessa noite foi no mínimo horrorosa. Equipes sem padrão tático, alternâncias, volume e motivação. O Coelho foi melhor que o time gaúcho e encontrou o seu gol, em um lance curioso de Michael, que entrou aos 43' e aos 45', após tentar a cabeçada, acabou de ombro encobrindo o goleiro Danilo Fernandes. Foi a primeira vitória do time mineiro sobre o gaúcho na história do Brasileirão.
O resultado deixou o Colorado na 18ª posição com 27 pontos. O América segue na lanterna, agora com 18 pontos. 
A situação no Rio Grande do Sul deve piorar. No final de semana, novamente fora de casa, o adversário será o Atlético MG, que busca se aproximar dos líderes e dificilmente tropeça em seus domínios.  
De qualquer maneira, a tabela pode ajudar o Inter, afinal na sequência terá dois confrontos diretos, em casa contra Figueirense e Coritiba. A torcida, por mais que esteja impaciente e cobrando, jamais deixou de apoiar. Pode escrever, o Beira-Rio deverá receber um bom público para ajudar o time a sair dessa situação.
A cultura do futebol brasileiro é diferente. Aqui a torcida não aceita o rebaixamento. Em outros tempo, o hoje vice-líder Flamengo passou por momentos conturbados como o do Colorado e até mesmo do Cruzeiro, próximo adversário. O time carioca, por sua vez, soube se recuperar com o peso da camisa e apoio de seu torcedor. 
Faltam 12 rodadas e sinceramente vejo ambos na elite do ano que vem. O que é importante ressaltar, no caso do Colorado, que não apenas "compreensão da torcida", como pediu o vice de futebol Fernando Carvalho e muito menos "fé", pedido de Celso Roth salvará o Internacional. Sem atitude, comprometimento e ousadia, aí sim a casa pode cair pela primeira vez.  
Faça a sua aposta. A minha é que no final, o tradicional clube gaúcho se manterá na posição privilegiada ao lado de Flamengo, Santos, Cruzeiro e São Paulo, como os únicos que não sabem o que é jogar à série B nacional. Será? É aguardar para ver.
Até a próxima!