quarta-feira, 26 de outubro de 2016

GRÊMIO E ATLÉTICO MG SAEM NA FRENTE - Por Rodrigo Curty

Os primeiros duelos das semifinais da Copa do Brasil foram eletrizantes. Os visitantes conseguiram uma ótima vantagem para o jogo decisivo na semana que vem.
O momento das equipes é diferente no Brasileirão e para quem esperava ver os "desesperados" Cruzeiro e Internacional triunfando, teve que se contentar com o fator técnico dos tricolores e alvinegros.
No Mineirão lotado, o duelo entre as duas equipes que mais venceram a competição, quatro cada, teve de tudo. Erros de finalizações, grandes defesas, polêmicas e muita vibração dos treinadores.
O time comandado por Renato Gaúcho buscou o jogo desde o início. O treinador realmente resgatou a "pegada" e o bom futebol vividos anteriormente por Roger Machado. Já os comandados de Mano Menezes mantiveram a mesma vontade de vencer e os velhos erros de pontaria e falta de sorte ou se preferir competência.
O Tricolor gaúcho conseguiu um ótimo resultado - 2x0 e pode até perder na volta por um gol de diferença que estará em sua sétima final, um recorde. É bom respeitar porque pegar um time, teoricamente "descompromissado" em se arriscar para perder novamente é complicado. 

No outro confronto, o Atlético MG conseguiu uma boa vantagem para tentar chegar em mais uma final e quem sabe levantar a taça pela segunda vez. O Galo se impôs no Beira-Rio e aproveitou das oportunidades criadas. O Colorado bem que tentou, porém o cansaço de lutar contra o rebaixamento no Nacional pesou. Peças importantes como o atacante Vitinho, mostraram que o corpo não consegue mais obedecer os comandos do cérebro. O emocional pesa demais nessa reta final. O time mineiro, experiente e com jogadores de decisão triunfaram por 2x1. Agora na partida de volta, no Independência só serão eliminados se perderem por dois gols de vantagem ou o mesmo 2x1 para decidir a classificação nos pênaltis. 
Faça a sua aposta e até a próxima!