terça-feira, 24 de janeiro de 2017

A BOLA VOLTA A ROLAR NA PRIMEIRA LIGA - Por Rodrigo Curty

E finalmente a bola voltará a rolar para valer no Brasil. Depois do recesso de final de ano, amistosos e copinha chegando ao fim, hoje a noite começa a segunda edição da Primeira Liga.
O torneio que teve início no ano passado, mesmo com as discussões entre alguns clubes e a CBF, tem tudo para ser mais profissional e valorosa aos participantes.
O comando da competição está nas mãos do diretor-executivo José Rodrigo Sabino, que já provou ser competente à frente do futebol. Tem tudo para fazer do torneio uma marca valiosa. Uma das atitudes tomadas para alcançar esse objetivo foi adicionar de forma convidativa o Ceará, único representante do Nordeste e que está fora da Copa do Nordeste. A iniciativa ao meu ver foi assertiva, afinal o alvinegro conta com uma enorme torcida apaixonada e a região ganha ainda mais destaque nacional. O Vozão entra como convidado e se junta aos outros cinco novos clubes dessa edição: Brasil de Pelotas, Londrina, Paraná, Chapecoense e Joinville.
A ideia de Sabino é que nos próximos anos haja critérios de classificação, a fim de tornar o campeonato ainda mais atraente. Acredito que os clubes aos poucos sentirão desejo em fazer parte da Liga.
Na primeira edição o campeão foi o Fluminense que derrotou o Atlético PR por 1x0. O rubro-negro, assim como seu maior rival, o Coritiba, não participará nesse ano, por desacordo nas cotas de transmissão. Esse aliás, um problema que tende a durar por muitos anos, não só na Liga.
Outra mudança, essa que vale a pena conferir é a forma de disputa: Se em 2016, apenas os primeiros colocados e o melhor segundo dos três grupos avançavam para a semifinal, nessa que contará agora com 16 equipes, divididas em quatro grupos, terá avançando às quartas de final, as duas melhores de cada grupo.
A segunda fase ocorre apenas no segundo semestre, nas datas Fifa, ou seja, quando as Seleções estarão disputando as eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. De acordo com Sabino, isso ajudará a preencher uma lacuna que existe nos canais que transmitem o futebol. Além disso será disputado no formato que agrada e muito uma grande parte da população futebolística que é o mata-mata.
A minha torcida é para que a competição mesmo com características de "amistoso", já que não consta no calendário oficial da maior entidade do futebol brasileiro seja um sucesso. O fato da organização ter sido menos complicada do que na sua primeira edição e teoricamente estar mais estruturada faz com que mereça uma atenção especial.
Conheça os grupos:
Grupo A: Brasil de Pelotas, Criciúma, Fluminense e Internacional
Grupo B: América MG, Flamengo, Ceará e Grêmio
Grupo C: Atlético MG, Chapecoense, Cruzeiro e Joinville
Grupo D: Avaí, Figueirense, Londrina e Paraná
Faça a sua aposta e vibre a partir das 20h, quando no estádio municipal de Juiz de Fora, estreiam o Tricolor carioca contra o Criciúma.
Boa sorte aos participante e até a próxima!