quinta-feira, 10 de julho de 2008

UMA RODADA NOTA DEZ - Por Rodrigo Curty

A décima rodada da Série A, do Brasileirão foi literalmente nota 10. Finalmente os gols que estavam em falta, voltaram. As belas jogadas e os estádios cheios, também. É claro que vimos novamente os erros grotescos das arbitragens, as reclamações dos técnicos e jogadores, mas quem sabe, isso não acabe nas próximas rodadas?

Um dos destaques da noite foi a goleada do surpreendente Rubro-Negro Vitória. O Botafogo deve dar graças a Deus que levou apenas cinco, sendo três do veterano Ramon e dois do bom lateral Marcelo Cordeiro. E de quebra o tabu baiano de 17 anos sem perder para o alvinegro foi mantido e pode terminar a rodada, na segunda colocação com 20 pontos. No Bota, hoje Geninho deverá ser demitido, em General Severiano.

O líder da competição, o Flamengo até que em certos momentos conseguiu pressionar o Atlético MG, no Mineirão, e poderia ter matado a partida, na primeira etapa. Já no 2º tempo, o Galo foi forte e vingador. Aproveitava-se de erros do Rubro-Negro e cansava de perder gols e dava sorte nos contra-ataques mal aproveitados pelo time da Gávea. De tanto insistir, o gol veio com o zagueiro e capitão Marcos. Justo pela festa e apoio que vinha sem parar das arquibancadas. Agora a diferença para o segundo é de apenas três pontos, é emoção a cada rodada.

O Coritiba voltou a vencer. Depois de um primeiro tempo muito ruim, o segundo reservava as emoções ao torcedor Coxa Branca. Com facilidade o time alviverde massacrou a Portuguesa por 4x0. A Lusa definitivamente voltou a ligar o sinal de alerta, no Canindé.

Apenas para variar, o São Paulo mais uma vez foi derrotado pelo Náutico. A derrota veio depois de oito jogos. O jogo foi lá e cá, até que o tricolor saiu na frente com Borges. Sem sentir, o Timbu que voltava, a jogar nos Aflitos com um gramado muito irregular, conseguiu empatar, após falha de posicionamento da zaga do São Paulo. Na etapa final, os dois times criaram chances, mas a felicidade foi de Everaldo que acertou um balaço no ângulo de Rogério Ceni.

Já no Rio de Janeiro, o tricolor carioca, voltou a jogar bem. Derrotou o Atlético Paranaense por 3x0. Agora o Fluminense não é mais o lanterna da competição. Renato Gaúcho acredita que agora seu time decolará, será?

Quem não decola de jeito nenhum é o Santos. Ontem na Vila, o time não resistiu à forte marcação do Grêmio, e apenas empatou em 1x1. Já são oito jogos sem vencer, mas é certo afirmar que o peixe evoluiu, mas a ansiedade na hora de definir precisa ser ajustada o quanto antes. O próximo adversário é o Botafogo, o ex-clube de Cuca. Jogo de seis pontos.

No Beira-Rio o Inter fez a sua parte. Mesmo não tendo a mesma atuação da goleada sobre o Coritiba, os três pontos foram essenciais para manter a boa fase e aproximar a equipe do chamado G4. O Goiás volta a se preocupar com a zona de rebaixamento.

A rodada será finalizada hoje com 3 partidas. No Palestra Itália, o Palmeiras com novidades encara o Figueirense. A vitória coloca o time de volta no G4.

Em São Januário, o Vasco espera se reabilitar contra o Sport. O objetivo é se afastar da zona de rebaixamento e colar nos líderes. Edmundo vai pro jogo.

Fecha a rodada, no Ipatingão, Ipatinga e Cruzeiro. A Raposa precisa da vitória para não se afastar do Flamengo, mas jogar na filial é complicado.

Façam as suas apostas e até mais!!