quinta-feira, 24 de julho de 2008

UMA RODADA REPLETA DE SURPRESAS, ERROS E FESTAS - Por Rodrigo Curty

Uma quarta-feira repleta de gols, surpresas, erros de arbitragem e milagres, na Série A, do Campeonato Brasileiro.

Na primeira partida da noite, o Goiás surpreendeu e derrotou o Cruzeiro, em pleno Mineirão. Com uma bela cobrança de falta, Iarley decretou o placar e o então imbatível em casa, tropeçou.

Quem não perde e casa é o Coritiba. A partida contra o lanterna Ipatinga foi dramática. O golaço salvador saiu dos pés de Carlinhos Paraíba aos 30’ do segundo tempo.

O Vitória voltou a jogar bem e derrotou o Náutico por 2x0, no Barradão. Empolgado pela conquista dos três pontos, contra o Flamengo, o Rubro-Negro fez a lição de casa. Com dois gols do atacante Marquinhos, agora o time baiano segue firme na segunda colocação com 26 pontos. Seria mais um cavalo paraguaio?

Os jogos de fundo tiraram a respiração de muitos torcedores.

Começo com São Paulo e Internacional. O tricolor sofreu a forte marcação do Colorado e graças a Rogério Ceni não perdeu de mais. Quando chegou, o São Paulo foi prejudicado. Estava 0x0 quando Dagoberto marcou um gol legal de cabeça, erradamente anulado pelo assistente. Erro que custou caro, pois em seguida, o Inter de tanto insistir conseguiu o seu gol com Nilmar, após erro de Juninho. Na segunda etapa, a pressão continuou e Nilmar decretou a vitória por 2x0. Segura o Colorado!!

No Maracanã um belo jogo de desesperados. Vasco e Fluminense marcaram três gols cada. Apesar do golaço de Leandro Amaral, a noite foi de Edmundo e Washington que marcaram dois gols cada. Os dois times criaram várias chances, e no fim o 3x3 foi justo. O resultado mantém o Vasco sem vencer clássicos regionais no ano e o tricolor na zona de rebaixamento.

O Botafogo massacrou o Atlético Mineiro. Após um primeiro tempo ruim, o fogão construiu a goleada de 4x0, na segunda etapa. Mesmo longe das duas últimas atuações, o alvinegro carioca entra com moral, no clássico de domingo, contra o Flamengo. Ney Franco acertou o time. O Galo precisa abrir o olho, pois hoje, se encontra entre os quatro piores times do Brasil.

Outro grande jogo da rodada e um dos melhores da competição foi realizado no Canindé. A Portuguesa que apresentava o seu novo comandante, Valdir Spinoza e o Flamengo, líder, mas que vinha de duas derrotas não tiveram medo. O jogo foi repleto de erros e malandragens. O time carioca saiu na frente com um gol de mão, do zagueiro Ronaldo Angelim.
A Lusa por sua vez, teve um pênalti mal marcado e convertido por Diogo. Os times perdiam gols e não se cansavam. Até que com a mão, novamente, Tardelli obrigou Sérgio a fazer uma grande defesa, e depois ver, no rebote, Ibson empurrar para as redes. Na segunda etapa, a Lusa teve outro pênalti, dessa vez marcado corretamente e convertido novamente por Diogo.
Aos 19, Tardelli, que já tinha amarelo, meteu a bola na mão e foi justamente expulso. Iniciava aí a noite de Bruno. O goleiro fez duas belas defesas e impediu a virada portuguesa. Passado o ímpeto, o Flamengo perdia gols e via Sérgio como uma muralha. Justamente ele decidiu a partida. Após pênalti marcado, Ibson bateu a primeira e perdeu após o arqueiro se adiantar. Na segunda cobrança, novamente Sérgio se adiantou, mas dessa vez valeu. Resultado justo que dá moral para Spinoza e que deixa o Flamengo, pelo menos por esta noite, na liderança.

Hoje a rodada se encerra com três partidas:

O clássico entre Palmeiras e Santos, no Palestra Itália. Figueirense e Grêmio, no Orlando Scarpelli, e Sport contra o Atlético Paranaense, na Ilha do Retiro. Faça sua aposta!!