quinta-feira, 14 de agosto de 2008

OS ÚLTIMOS SERÃO OS ... TERCEIROS - por Gustavo Cavalheiro

Em uma prova eletrizante, César Cielo largou na raia 8, ao seu lado (raia 7) o americano Jason Lezak batalharam até o fim pelo bronze e o resultado foi o surpreendente empate em apenas 47s67.

Desacreditado por todos e tido como zebra, pelo seu tempo nas semifinais (48s07) e que lhe dava apenas o oitavo lugar na final, Cielo lembrou Scherer que também largou na raia oito para o bronze dos 50m livres Atlanta-96.
Depois de oito anos, o Brasil voltou a ganhar uma medalha na natação e após 12 anos, temos uma nova medalha da natação em uma prova individual.

No fim da prova, Cielo comemorava e também se esperançava para a prova dos 50m, que ele se classificou com um dos favoritos e agora foca em uma nova medalha.
Parabéns Cesão!
Foto: Terra