sexta-feira, 27 de novembro de 2009

AS CORES QUE DECIDEM - Por Rodrigo Curty

O Campeonato Brasileiro, da Série A está na reta final. Agora faltam apenas duas rodadas para conhecermos o campeão da edição 2009.

As dez partidas da 37ª rodada que ocorre no domingo às cinco horas da tarde, para variar promete muita emoção, tensão e a preocupação com duas cores - A amarela e a branca. Eu explico. Muito se fala das equipes que não possuem mais nenhum tipo de interesse na competição e que podem fazer a diferença. É o caso de Goiás e Corinthians, por exemplo. E para muitos um desempenho melhor destas equipes se dá ao fato da tal mala branca oferecida pelos interessados. Eu ainda prefiro acreditar no profissionalismo e respeito à camisa que cada atleta veste, mas que existe, existe.

Já no caso da cor amarela, é a alusão aos times que já poderiam garantir o título e amarelaram na hora errada. Vamos aos jogos.

O Goiás na semana passada engrossou para o Flamengo em um maracanã com mais de 82 mil pessoas e jura que foi sem a mala branca. Segurou o 0x0 e de quebra aumentou o equilíbrio do torneio. Agora Internacional e Palmeiras ainda podem garantir um título que parecia perdido.

Desta vez, o Esmeraldino recebe no Serra Dourada, o líder São Paulo que com 62 pontos se vencer e os rivais que vem logo atrás tropeçarem garante o seu quarto título seguido. Eu não acredito que será fácil para o tricolor que terá o reforço de Jean, mesmo porque o Goiás quer provar sua hombridade.

O mesmo se fala do Corinthians que é co-irmão do Flamengo, e por isso facilitará a vida dos cariocas, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, para assim o caneco não ficar nas mãos dos rivais São Paulo e Palmeiras. Sinceramente vejo um jogo bastante disputado e equilibrado. Um clássico com presença de dois excelentes atacantes. Ronaldo e Adriano.

Já o Palmeiras se isolou para amenizar os problemas internos e acredita na vitória contra o Atlético MG para garantir pelo menos sua participação na Libertadores em 2010. A boa notícia para os palmeirenses é o retorno de Cleiton Xavier. O Galo promete complicar, pois luta pelo mesmo objetivo.

E o internacional? O Colorado vai até Recife enfrentar o Sport que já rebaixado não deve ser uma presa difícil de ser batida. Mais o futebol prega algumas surpresas.

Agora a parte de baixo da tabela. O Botafogo tem uma partida de seis pontos contra o Atlético PR, na Arena da Baixada. Vejo equilíbrio no duelo. Já o Fluminense encara o Vitória da Bahia no Maracanã. Aqui só os três pontos interessam ao tricolor, mas vale lembrar que o rubro-negro já rebaixou times como Palmeiras e Vasco, por isso é bom ter cuidado.

Em Santo André, o time da casa recebe o desesperado Náutico. Um empate rebaixa os dois. Em caso de vitória é secar os cariocas. Acho difícil a salvação de ambos, mas a esperança não é a última que morre? Esperança essa que também pode servir para o Cruzeiro que sonha com um das vagas na Libertadores e receberá o desesperado Coritiba. Se o Coxa perder, dependendo dos resultados pode ter na última rodada contra o Fluminense o jogo que definirá o último rebaixado.

Fecham a rodada. Grêmio e Barueri, no Olímpico e Avaí e Santos, na Ressacada, mas em ambos considero jogos para cumprir tabela. E você?Boa sorte a todos os torcedores e semana que vem eu conto o que deu na rodada.