quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

MAIS UMA PROVA PARA O TRICOLOR - Por Rodrigo Curty

A Copa Sulamericana está em sua partida final. Mais uma vez estarão frente a frente as equipes do Fluminense e da LDU, do Equador. O palco decisivo também será o Maracanã.

O torcedor tricolor tem engasgado até o hoje a perda do titulo da Copa Libertadores em 2008. Na ocasião, a LDU venceu, em Quito por 4x2, levou o troco de 3x0 no Maracanã, e levou o caneco nos pênaltis. Hoje a mesma quer repetir o feito e conquistar também o a Copa Sulamericana. A vantagem é muito boa. Na primeira partida em mais de 2850 metros deu Equador. O placar de 5x1 desanima até os mais otimistas, mas por se tratar de futebol tudo é possível. Cansei de ver partidas que pareciam impossíveis de serem revertidas. Hoje quatro gols de vantagem leva a partida para uma prorrogação. Haja coração para suportar tanta pressão.

Sinceramente, mesmo tendo já visto certas viradas, hoje apesar da atual epopéia tricolor, é praticamente impossível, pois a equipe equatoriana é bem montada, joga bem nos contra-ataques e conta com bons jogadores individuais, como por exemplo Mendez e Bieler. O Flu acredita na força de superação do grupo, no goleiro Rafael, nos passes de Conca, e claro nos gols de Fred. Isso sem falar da torcida que fará sem dúvida mais uma vez a sua parte.

Independente da perda do título, o Brasil não pode deixar de valorizar o desempenho, a garra e o drible dado pelo tricolor nas dificuldades vividas até o momento. A Série B está praticamente descartada, e isso é o que vale para os considerados times de Elite. Não se pode trocar os pés pelas mãos. Tem que pensar com a razão e não com a emoção. O jogo da vida da equipe carioca, no meu ponto de vista será no domingo contra o desesperado Coritiba, no Couto Pereira. Pode quem sabe ser a partida que definirá o último time a cair para Série B, em 2010.

Boa sorte ao Tricolor das Laranjeiras que carrega em uma parte do seu hino a frase: “Vence o Fluminense, com o verde da esperança. Quem espera sempre alcança...”