quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

MÉRITO OU FAVOR - Por Rodrigo Curty

E agora é oficial. Hoje a CBF oficializou, em uma cerimônia no Rio de Janeiro, os títulos da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa como conquistas nacionais, ou seja, os torneios foram igualados ao Campeonato Brasileiro que surgiu oficialmente em 1971.

Independente do que digam sobre essa oficialização, se é justa ou por média, o fato é que jogadores brilhantes como Jairzinho, Pepe, Lima, Cesar Maluco, Paulo Cesar Cajú, Gérson, entre outros liderados pelo maior de todos Pelé não poderiam deixar de ter um dia esta justa homenagem, afinal de contas venceram dentro de campo torneios que apenas mudava de nome, mas que tinha o mesmo peso. Tudo bem que antigamente os regionais eram mais importantes para o torcedor que o nacional. Não interessa.

Eu continuo com o pensamento que existem os campeões de cada torneio e que não deveria unificar, porém reconhecer, senão daqui a pouco vão solicitar que os campeões, da Série B e Copa do Brasil também tenha reconhecido seu título de brasileiro. Hoje o fato é que a decisão coloca agora as equipes de Santos e Palmeiras como os maiores vencedores brasileiros com oito títulos cada, superando assim São Paulo e Flamengo, que têm seis.

E para variar o melhor jogador do mundo bateu mais um recorde com a decisão. O Rei do Futebol virou hexacampeão brasileiro e superou Andrade e Zinho, que possuem cinco nacionais.

A decisão da CBF de unificar os títulos brasileiros foi baseada no dossiê desenvolvido pelo jornalista e pesquisador Odir Cunha, que há dois anos, a pedido dos seis clubes interessados, aceitou o desafio de iniciar um estudo para buscar o reconhecimento dos vencedores da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa como campeões nacionais.

Clubes que tiveram o título brasileiro reconhecido:

Taça Brasil

1959 – Bahia
1960 – Palmeiras
1961 – Santos
1962 – Santos
1963 – Santos
1964 – Santos
1965 – Santos
1966 – Cruzeiro
1967 – Palmeiras
1968 – Botafogo

Torneio Roberto Gomes Pedrosa / Taça de Prata

1967 – Palmeiras
1968 – Santos
1969 – Palmeiras
1970 – Fluminense

Viva o futebol brasileiro que em breve deve abrir o baú do passado e modificar novamente a galeria dos campeões.