quinta-feira, 24 de março de 2011

O DESPERTAR DE UM CRAQUE - Por Rodrigo Curty

E a bola rolou nesta quarta-feira para diversos estaduais e também pela Copa Libertadores da América. Destaque de hoje para o duelo entre Fluminense e América-Mex. O tricolor que vive um momento conturbado precisava e muito da vitória pra seguir vivo no torneio sul-americano.
A partida foi tensa, e para piorar, os mexicanos conseguiram sair na frente do placar. O jogo a partir daí ficou tenso, pegado, e com mais emoção do que razão. Era nítido o sofrimento dos pouco mais de 13 mil torcedores presentes no Engenhão. Mas, justiça seja feita. O torcedor apoiou a equipe do início ao fim, e valorizou até aqueles que eram vaiados nas partidas anteriores.
Ainda sem treinador fixo, coube ao sereno Enderson Moreira assumir a bucha. Com jogadores experientes como Fred, Emerson e Conca em campo, a serenidade deu resultado. A equipe não se abalou por ter ficado duas vezes atrás do placar, e teve na base da raça, persistêsncia e numa exibição de gala de um jogador que ainda deve muito à equipe a consagração.
Deco, o luso-brasileiro entrou em campo no início da segunda etapa, após dois meses parado, desconfiado pelo torcedor que esperava ver He-Man. Mas o mesmo teve que se render ao talento e estrela do jogador. Aos 24', Rafael Moura entrou na partida e aos 27', o América passou novamente a frente do placar. Era desespero total do banco carioca, que sem alternativa foi para o tudo o nada com a entrada de Araújo. E a alternativa deu certo. Deco colocou a bola na cabeça do atacante que empatou o duelo aos 34', e incendiou as arquibancadas, que não parava de gritar "Time de Guerreiros". Foi nesta troca de energia que, Deco mais uma vez entrou em cena. O meia fez o gol da virada aos 42', e no apito final, junto com os outros "guerreiros" saiu ovacionado com o grito de "o campeão voltou".
Ainda é cedo para esta afirmação, pois o resultado coloca o Flu na terceira posição do grupo 3 com cinco pontos, um atrás dos mexicanos, porém, para avançar de fase, o tricolor depende apenas de si. Alguém dúvida?
Até a próxima!