quarta-feira, 30 de março de 2011

O PERIGO DA ZEBRA - Por Rodrigo Curty

E hoje a bola vai rolar pela Copa do Brasil. Destaque para dois duelos. O de alvinegros entre ABC-RN e Vasco da Gama e o de tricolores entre Santa Cruz e São Paulo. A expectativa é que cariocas e paulistas avancem sem a necessidade da partida de volta, porém a Copa do Brasil é mestre em aprontar quando se menos espera. Por isso, é bom ter cuidado com a zebra.

Vamos aos jogos. Em Natal, o time da casa é líder do campeonato Estadual. Apesar disso, acredito que esteja longe de ser um adversário perigoso, mas neste torneio nem sempre o favorito é que leva vantagem. Os dois time se enfrentaram pela última vez em 2009. Ano em que o Vasco se sagrou campeão da Série B. Em São Januário, o trinfo veio em um 3xo, mas fora de casa, a vitória foi apertada por 3x2. Eu sei que números não ganham jogo, mas as duas equipes já se enfrentaram em nove ocasiões. Foram oito vitórias do Vasco e um empate. Acredito que o time carioca passe com os dois gols de vantagem.

Já em Recife, o Santa Cruz quer de vez ressurgir no futebol brasileiro. O Coral está bem perto de chegar a Série D. O motivo é simples. O time lidera o campeonato Pernambucano com 41 pontos. A expectativa dos torcedores nesta noite é empurrar o tricolor paulista com o objetivo de passar as oitavas de final do torneio. Parada difícil para a equipe que conta no banco de reservas com um ex-ídolo e acostumado com títulos no São Paulo, Zé Teodoro. O ex-lateral acredita na ótima fase vivida pelo atacante Gilberto e respeita demais o time do Morumbi.

Este por sinal vive uma fase deslumbrante. Após quebrar o jejum de quatro anos sem derrotar o Corinthians, e comemorar e muito o centésimo gol de Rogério Ceni, como se não bastasse fez de forma justa uma grande festa no retorno de Luis Fabiano. O tricolor quer se tornar de vez um time de multidão. A Copa do Brasil lhe falta, também pudera, o super campeão da Libertadores e Mundial ficou sete anos ausente da competição. Neste duelo, a equipe paulista leva larga vantagem. Em 25 confrontos até hoje, foram 19 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota, em 1988 por 1x0. Seria hoje a segunda? Não acredito, mas...

Amanhã a gente comenta. Boa sorte a todos e até a próxima!