segunda-feira, 4 de junho de 2012

COME QUIETO - Por Rodrigo Curty

E mais um capítulo foi escrito na rica história do Clube Atlético Mineiro. O Galo, como é carinhosamente conhecido anunciou a contratação do jogador Ronaldinho Gaúcho. 
O curioso é que o jogador que saiu pela porta dos fundos da Gávea, afirmou que não voltaria tão cedo aos gramados, uma vez que se dedicaria 100% ao lado da mãe, dona Miguelina, que recentemente passou por cirurgia para a retirada de um tumor.
Independente de cumprir ou não esta promessa, neste instante muitos questionam se este casamento não estava encaminhado, se o clube mineiro honrará com as despesas, e claro, se a presença do jogador será mais positiva que negativa na querida Belo Horizonte.
A tendência pelo histórico recente é que o Atlético MG corre um sério risco de magoar, mais uma vez a sua fanática torcida. Motivo óbvio. O excesso de contratações milionárias, e muita das vezes de forma equivocada. Não é de hoje que o elenco fica inflado e desgastado. Um dos principais motivos disso é a conjuntura da diretoria, que há um bom tempo se preocupa em trabalhar melhor o marketing do que com os resultados em campo.
Mas Ronaldinho está com sede de bola, inclusive não só já vestiu o indumentário alvinegro como treinou com os novos companheiros na Cidade do Galo, entre eles com o ex-lateral rubro-negro Júnior César. Se a primeira impressão é a que fica, os atleticanos, que em sua maioria não curtiram muito a notícia pelas redes sociais já viram o R10 diferente, ou seja, se dedicando aos treinos e realizando trabalhos físicos. Resta saber até quando e como vai segurar a onda com disciplina e ordem vindas da comissão técnica. Regalia é algo bem esperado para que ele renda.
Agora é aguardar pra ver se o R10 realmente aproveitará a nova chance, se as baladas que não são mais o seu foco como alertou o presidente atleticano Alexandre Kalil, alfinetando o Flamengo serão esquecidas, se o salário e qual o valor real será pago, e quem morderá a língua primeiro.
Boa sorte ao R10, e que o Galo não cante fora de época.
Até a próxima!