domingo, 3 de fevereiro de 2013

SANSÃO DE CUMPADRES - Por Rodrigo Curty

Hoje é domingo, dia 03/02, data que promete ser histórica para santistas e são-paulinos. É que hoje a bola rola para o tradicional clássico de nome San-São, e que entre os outros importantes ingredientes terá pela frente o reencontro de Paulo Henrique Ganso na Vila Belmiro, mas este defendendo as cores do tricolor.
O momento é mais do que aguardado pelas ambas torcidas. O reencontro será também entre o melhor jogador brasileiro Neymar e seu cumpadre. O craque da camisa 11 espera que a torcida do Peixe respeite os momentos marcantes que Ganso deixou na história do clube e que não seja hostil. 
Já Ganso que possa jogar o "fino" da bola e provar que a saída do ex-clube foi realmente benéfica para sua carreira.
Entre um e outro, a certeza é que torcedores também de outras agremiações terão uma bela partida pela frente. Neymar segue para muitos com a máxima de que é um cai-cai, de que valoriza as jogadas e que só joga contra time pequeno. Eu, sinceramente considero tudo isso uma besteira. O jogador é habilidoso, franzino e inteligente. Se não soubesse cavar faltar e sair das jogadas violentas, jamais seria o principal jogador do país e desejado pelo futebol do exterior. 

Ganso aos poucos recupera o rótulo de craque. O cara que representa bem a camisa 10, que atua com a 8 e que sempre jogou o "fino" da bola vem constantemente vencendo um de seus principais desafios, as seguidas contusões que para muitos jamais serão curadas.
Davi Lucca, filho do craque Neymar Jr estará dividido. Eternamente torcerá pelo pai, mas também pelo brilho de seu padrinho. Dureza para um garoto e para tantos outros como eu que torce pela felicidade e futebol bem jogado por ambos, afinal também são esperanças para a Seleção Brasileira chegar longe nas mãos de Felipão. Não torço pelo Santos e tão pouco para o São Paulo, porém ficarei muito grato se os deuses do futebol iluminarem o clássico deste domingo no tradicional palco de Vila Belmiro.
Não vejo a hora de ver Neymar contra Lúcio, Ganso contra Arouca, Oswaldo e Jadson, contra Montillo e André. O clássico promete muitos gols, pois são duas equipes que jogam pra vencer. É um reencontro de ex jogadores e treinadores de ambos os lados. Vai ser demais!
Até a próxima!