quinta-feira, 24 de abril de 2014

DERROTADOS, MAS NÃO ELIMINADOS - Por Rodrigo Curty

E a abertura das oitavas de final da Libertadores não foi nada boa para os brasileiros. Atlético MG e Grêmio tropeçaram, mas jogando em seus domínios devem triunfar.
O atual campeão da competição foi encarar o Nacional de Medelím e mais uma vez jogou aquém das expectativas. Para variar, o melhor jogador da equipe brasileira foi o goleiro Victor, que salvou pelo menos três gols da equipe colombiana, mas infelizmente não conseguiu evitar o belo chute de Cárdenas que estufou as redes no apagar das luzes. Coisas do futebol. 1x0 que decretou a demissão do comandante do Galo. Paulo Autuori não aguentou a pressão pelos maus resultados. Foram 23 jogos, com 11 vitórias, nove empates e três derrotas, sendo que a equipe não venceu e sequer balançou as redes nas últimas três partidas. Agora é correr atrás de um novo treinador para conseguir reverter a situação e avançar às quartas. Sinceramente, apesar da equipe colombiana jogar bem fora de casa, a mística de caiu no horto está morto tende a prevalecer na partida de volta em 01 de maio, mas para isso, o Atlético precisará voltar a jogar bem e, claro não levar gols.
Já o Grêmio jogou de igual para igual contra o San Lorenzo e até merecia melhor sorte. O problema maior foram as falhas de marcação e erros de finalização. Os argentinos conseguiram o gol da vitória de 1x0, graças a um erro de posicionamento do tricolor gaúcho. A derrota acende o sinal de alerta, porém apesar de toda a pressão que sofre o treinador Enderson Moreira já que chegou a terceira derrota seguida, algo que não ocorria desde 2010, quando Silas era o comandante, segue apoiado pela diretoria, agora se não conseguir o resultado na Arena Grêmio, no dia 30 de abril, não há santo que segure sua permanência. Acredito que avance sem muitos problemas.
Até a próxima!