segunda-feira, 16 de junho de 2014

QUINTO DIA DE COPA - Por Rodrigo Curty

E finalmente uma das grandes favoritas a levar a taça FIFA no dia 13 de julho entrou em campo. É claro que falo da Seleção da Alemanha que encarou Portugal, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O grupo G que também é tido para muitos como o da morte, leva crer que o equilíbrio não terá vez par a tricampeã. Com um grupo homogêneo, repleto de grandes jogadores e com um preparo físico invejável, os alemães sobraram contra Cristiano Ronaldo e seu esquadrão, em tarde inspirada do artilheiro Thomas Müller,  autor de três dos quatro gols da goleada de 4x0. É bom Portugal abrir o olho, contar com CR7 mais vibrante e com os pés calibrados e, claro se recompor dos desfalques para o próximo duelo contra Gana, afinal Pepe, expulso infantilmente, Fábio Coentrão e Hugo Almeida estarão de fora.
Na segunda partida do dia, em partida válida pelo grupo F, Irã e Nigéria fizeram o pior duelo da Copa do Mundo FIFA até aqui. Quem não gostou muito foram os torcedores presentes na Arena da Baixada. Jogo fraco tecnicamente, pontaria ruim e vaias para ambas, após o apito final. Mesmo que surja uma zebra, acredito que a tendência destas ficarem na primeira fase.
Por fim, na partida de fundo do grupo G, na Arena de Natal, Estados Unidos e Gana fizeram um bom jogo. Melhor para os norte-americanos que venceram por 2x1, em partida dramática.
O time africano esteve melhor o tempo todo, mas com a falta de frieza e competência, pagaram, graças ao azar de uma bola que virou escanteio no fim. De qualquer maneira, arrisco dizer que ambas chegaram na última rodada com três pontos, e assim ao lado de Portugal, decidirão quem passa pelos critérios de desempate, será? Vamos aguardar.
Até a próxima!