terça-feira, 17 de março de 2015

CORINTHIANS BUSCA CLASSIFICAÇÃO NO URUGUAI - Por Rodrigo Curty


E nesta noite a bola volta a rolar para o Brasil na Libertadores da América. O Grupo 2 terá o Corinthians em campo. Invicto no ano, mas sem nenhuma modéstia, Tite sabe que não tem como projetar aquilo que ainda não é fato.
Hoje o Timão é líder do grupo. Com seis pontos, uma vitória poderá decretar a classificação às oitavas do torneio.
O adversário de hoje é o imaturo, fraco, porém veloz Danubio, do Uruguai. O lanterna aposta suas fichas para uma sobrevida no chamado “Grupo da Morte”.
Sinceramente eu não vejo um tropeço do time brasileiro, mas vamos supor que isso venha acontecer. Seria trágico? De forma alguma, afinal, o time brasileiro ainda terá dois jogos seguidos em casa contra os mesmos uruguaios e contra os argentinos do San Lorenzo. Isso sem falar que o último confronto do grupo será no estádio em que joga muito bem, o Morumbi contra o São Paulo.
Outro ponto importante que deve ser analisado pela torcida éé a partida entre os dois times que vem abaixo do Corinthians com três pontos cada. São Paulo e San Lorenzo medirão forças amanhã no estádio do tricolor. Para o rival, apenas a vitória interessa. Será talvez a melhor partida da chave até aqui e a possibilidade de empate é enorme.
Desta forma, um triunfo hoje e essa possibilidade amanhã, sem sombra de dúvida decretará a classificação corintiana.
O técnico alvinegro terá força máxima para o duelo. Renato Augusto, mesmo sem estar 100% está escalado. Outro que volta é o atacante Paolo Guerrero.
A bola rola em Montevídeo às 20h (horário de Brasília) no acanhado estádio Luis Franzinirival , do rival Defensor com capacidade para apenas 18 mil torcedores.
As equipes devem entrar assim em campo:

Danubio: Franco Torgnascioli, Agustín Peña, Fabricio Formiliano, Matías de los Santos e Joaquín Pereyra; Matías Velásquez, Renzo Pozzi, Ignacio González e Marcelo Tabárez; Matías Castro e Bruno Fornaroli.
 
Corinthians: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Ralf; Elias, Jadson, Renato Augusto e Emerson; Guerrero.
 
Até a próxima!