quinta-feira, 5 de março de 2015

O TRIUNFO DE PALMEIRAS, INTER E CORINTHIANS - Por Rodrigo Curty


A rodada de quarta-feira foi especial para Palmeiras, Corinthians e Internacional.
Na Copa do Brasil que também tiveram outras partidas, destaque maior para o Palmeiras que encarou o Vitória da Conquista-BA. A festa antes, durante e depois da partida fez o palmeirense vibrar com tanta popularidade. No jogo, apesar do gramado irregular, rede que fura, os comandados de Oswaldo de Oliveira sobraram. Vitória por 4x1 e a certeza que a cada jogo o time encontra sua melhor formação. Os argentinos vão dando conta do recado, assim como Robinho que de apenas mais um reforço se transforma na principal peça do time.
Pela Libertadores da América, o Internacional precisa vencer de qualquer maneira o líder Emelec (EQU) e conseguiu. Após um primeiro tempo nervoso, perdendo chances e levando sufoco, o Colorado abriu o placar e levou a virada. Nas arquibancadas, o torcedor vermelho brigava entre si. A derrota acenderia de vez o sinal de alerta no trabalho de Aguirre. Mais graças ao ídolo e grande jogador Alex, a segunda etapa foi do jeito que o torcedor mais sofre, mas que no fim se enobrece. Virada de 3x2 e tranquilidade para as próximas partidas.
Já na Argentina, o atual campeão San Lorenzo recebeu o Corinthians. O time da casa jogou no Nuevo Gasómetro sem o apoio de sua fanática torcida, uma vez que foi punido pela Conmebol por deixar que os mesmos utilizassem sinalizadores. Enfim, mesmo sem torcida, o time da casa pressionou desde o início o time treinado por Tite. As chances iam surgindo, assim como as chances de gols. O alvinegro equilibrou o jogo e também teve oportunidades para abrir o placar. Como é de costume, o Timão não se afobou e esperou a hora certa de definir. Foi assim, na metade da etapa final. Elias, sempre ele, pegou a bola no meio-de-campo e foi em direção ao gol adversário. A sorte acompanha os competentes. O volante ia tocar a bola e acabou tabelando com o zagueiro para em um belo chute no ângulo marcar. O placar seguiu até o fim, apesar da pressão do Casla.  Dessa vez nem a fé do Papa ajudou os atacantes que estavam sem a pontaria afiada.
O Corinthians agora é o líder do grupo 2 com seis pontos, joga a próxima partida contra o Danubio, também fora de casa. Deve vencer e praticamente se garantir na próxima fase. Por sua vez, o rival São Paulo receberá na terceira rodada o San Lorenzo e não pode nem pensar em tropeçar. Será sem dúvida o jogo de seis pontos. O grupo da morte promete fortes emoções até o final.
Até a próxima!