terça-feira, 10 de maio de 2016

BRASILEIRÃO SÉRIE A E B DEVE SER EQUILIBRADO - Por Rodrigo Curty

O Brasil deve passar nessa semana por grandes transformações políticas. Independente de certo ou errado, vitória de A ou B, o certo é que infelizmente, apenas para variar, nesse primeiro momento, tudo deve acabar em pizza.
Para amenizar o brasileiro, uma das alternativas é acompanhar o esporte. As Olimpíadas estão bem próximas e até lá o que vai mexer mesmo com o torcedor é a disputa de mais uma edição do campeonato brasileiro. 
Nessa semana começa o torneio das séries A e B, que diga-se de passagem, prometem ser bem equilibradas. Os pontos corridos, justos ou não, mais emocionantes ou não, pelo menos até certo ponto oferece um bom entretenimento em todos os sentidos.  
É bem verdade que hoje no país não existe aquele super time. É verdade também que o Brasil seja talvez, o único lugar do mundo, no qual antes mesmo da bola rolar, tenhamos pelo menos cinco times favoritos ao título.  
Na série B, o Vasco é o grande favorito, mas o Audax, que estará "vestido" de Oeste pode incomodar também. Criciúma, Bahia, Londrina, Goiás, Avaí, Náutico e Paysandu também querem um lugar na elite no final do ano, por isso todo cuidado é pouco nesse início.
Já na série A, a regra é a mesma. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul sempre entram como os favoritos. De qualquer maneira é bom não vacilar com times de Santa Catarina, Curitiba e os três representantes do Nordeste que correm por fora.
Se fosse arriscar algum candidato ao título, arriscaria em apenas quatro nomes: Atlético MG, Santos, Grêmio e Palmeiras. E olha que nem acho o quarteto super potências, apenas vejo mais bem formatadas para esse início. Ora, se for assim porque não apostar então nos campeões Atlético PR, América MG, Santa Cruz e Internacional, por exemplo. Simples, o regional cansou de equivocar o torcedor, quando o torneio é de pontos corridos e que busca mais equilíbrio técnico e tático. 
Nesse quesito, após se ajustarem, vejo uma crescente dos cariocas e dos paulistas. É apenas uma impressão e posso estar redondamente enganado. O importante é o torcedor saber que não pode em nenhum momento deslumbrar e muito menos menosprezar uma reação adversa daquele que parecia "morto".
A minha torcida é para um ótimo campeonato e que tanto A como B sejam felizes em suas partidas.
Até a próxima!