quinta-feira, 31 de julho de 2008

LIDERANÇA AZUL NA SÉRIE A - Por Rodrigo Curty

A rodada do meio da semana do Campeonato Brasileiro da Série A tem um novo líder. Trata-se do Cruzeiro. A Raposa fez a sua parte e derrotou com tranqüilidade a equipe do Náutico por 4x2, no Mineirão. O destaque cruzeirense foi Guilherme, autor de dois gols. Hoje a torcida mineira torce contra o Grêmio que enfrenta o Coritiba.

O Vitória segue surpreendendo. Ontem não fez uma grande partida, é verdade. Mesmo em desvantagem, o Rubro-Negro teve força e chegou a virada. O Atlético Paranaense quase estraga a festa, mas com gols de Marquinhos e do veterano Ramon, o time baiano comemora a vice-liderança.

Portuguesa e Fluminense fizeram uma partida repleta de alternativas. Em noite de golaços, a Lusa virou para cima dos cariocas no Canindé, e de quebra saiu da zona de rebaixamento. O nome da noite foi Jonas que marcou duas vezes, na vitória por 3x1. O Fluminense deve abrir o olho, pois a situação está cada vez mais complicada.

Complicada também é a situação do Goiás. Dessa vez a derrota foi para o renovado Botafogo. 2x0 com direito a dois gols do volante Túlio que se lançou no futebol, na equipe esmeraldina. O Fogão conquistou a quarta vitória seguida em seu estádio, o Engenhão. Ney Franco trouxe a paz de volta, em General Severiano.

Nas partidas de fundo, o destaque foi a primeira vitória do Santos fora de casa. A equipe de Cuca parece começar a respirar, após passar 11 rodadas, na zona de rebaixamento. Essa foi a segunda vitória consecutiva do Santos. Maikon Leite, o nome do gol, vem conquistando seu espaço.

Pode não ter sido o que o torcedor são-paulino esperava, mas o empate de 1x1, contra o Figueirense, em Florianópolis foi um bom resultado. É verdade que mais uma vez o São Paulo não chegou ao G4, mas vale reforçar que outros times favoritos ao título também devem perder pontos, no Orlando Scarpelli. O Figueirense reclamou bastante da arbitragem. O motivo é que antes de levar o gol de empate, aliás, um golaço de Hugo, a equipe não teve um pênalti claro assinalado, e foi marcado um impedimento erradamente. Mas o resultado de 1x1 acabou sendo justo.

No Palestra Itália, a festa foi alviverde. O jogo de número 300 de Luxemburgo à frente do Palmeiras, não poderia ser melhor. A partida foi equilibrada nos dois tempos, mas no futebol só vence quem arrisca. Foi o que aconteceu. Sandro Silva soltou a bomba, após belo passe de Valdívia, e consolidou mais três pontos para o Verdão. O Flamengo só não está em uma situação complicada no torneio, por causa da campanha construída no início. Nas últimas cinco rodadas, o Rubro-Negro perdeu três e empatou uma. De quebra marcou apenas dois gols. Falta atacante urgente. Pelo lado verde, a expectativa é de que o time comece a ganhar pontos também fora de casa. Com a derrota do Internacional, o Palmeiras é o melhor mandante. Em oito jogos em casa, foram sete vitórias e apenas um empate.

Hoje a rodada se completa com três partidas - Coritiba x Grêmio, Vasco x Atlético MG e Sport x Ipatinga.

Em breve eu volto com a definição da janela e quem perde e ganha com as transações.