segunda-feira, 23 de maio de 2011

INÍCIO SURPREENDENTE - Por Rodrigo Curty

E começou mais uma edição do Campeonato Brasileiro, Série A. Esta a nona edição com a fórmula de pontos corridos. Antes do início, muitos já consideram equipes como a do Santos, Cruzeiro e Internacional como os favoritos a levantar a taça. Eu prefiro a cautela, uma vez que, como já de praxe, após agosto teremos "um outro" campeonato, afinal muitas equipes contarão com novas caras, desmanches e mudanças de comando. Enquanto isso não vem, o negócio é não vacilar principalmente em casa e conseguir surpreender fora.

Mas vamos ao presente. No sábado, Ronaldinho Gaúcho finalmente para o torcedor do Flamengo fez uma grande partida. Toques de craque, movimentação e colaboração na goleada de 4x0 sobre o misto do Avaí, que foca nas semifinais da Copa do Brasl. O misto do Vasco, ao contrário foi bem. Vitória de virada por 3x1 sobre o também misto do Ceará. O foco de ambos agora é também o torneio que dá ao campeão uma vaga na Libertadores 2012. Já no duelo de Atléticos, melhor para o mineiro. Com dois gols de Magno Alves, o Galo fez 3x0, fora o baile. Com uma equipe repleta de reservas, o Santos, em casa segurou bem o Internacional e comemorou o empate por 1x1.

Nas partidas de ontem, destaque para os paulistas. O Palmeiras, em São José do Rio Preto espantou, por enquanto, a desconfiança de seus torcedores e derrotou o Botafogo com um golaço de Kléber. O Corinthians foi até o Olímpico e virou pra cima do Grêmio. 2x1. Destaque para o golaço de Liédson. Quem brilho fora e com uma atuação brilhante foi o São Paulo. Com rapidez, variações táticas, o tricolor passou pelo tricolor carioca por 2x0. A paz parece ter voltado ao Morumbi.

A rodada também apresentou surpresas. O Coritiba, time que ficou por mais tempo invicto na história dio futebol brasileiro foca na Copa do Brasil, mas isso não justifica a derrota por 1x0, em casa para o Atlético GO, que é para muitos uma das equipes que cairão para Série B, em dezembro. Já o Cruzeiro não conseguiu segurar a pressão do Figueirense e acabou derrotado por 1x0 com gol contra de Marquinhos Paraná, após falha do goleiro Fábio. Na partida dos regressados à Elite, melhor para o América MG. O Coelho derrotou o Bahia por 2x1, de virada, e alegrou seu pequeno, porém apaixonado torcedor.

Fica a lição nesta primeira rodada que nem sempre o favorito vai levar a melhor, e que o campeonato não permite falhas onde se menos espera, caso contrário, as lementações no fim do anos serão as mesmas, ou seja, "A se não tivesse perdido aquele ponto", "Aquele empate fez diferença", e por aí vai...

Até a próxima!