domingo, 10 de março de 2013

O VALOR DA EXPERIÊNCIA - Por Rodrigo Curty

E hoje saiu o campeão da Taça Guanabara, o primeiro turno do campeonato carioca. Deu Botafogo contra o Vasco da Gama.
O jogo foi bastante equilibrado, mas o time cruz-maltino deixou de lado a pressão e o desejo de matar logo a partida, uma vez que jogava por dois resultados. A vitória ou o empate. Mas não teve jeito, o título de turno que não vem desde 2004 ficou novamente para uma próxima. Foi o quarto vice-campeonato de turno seguido da equipe da Colina.
Ambas as equipes chegaram com méritos a decisão. O Vasco passou pelo Fluminense em partida emocionante. Virada de 3x2  e moral elevada para a conquista. Já o Glorioso passou pelo Flamengo por 2x0.
A culpa disso tudo é também da experiência do capitão e goleiro Jeffersom, que quando exigido deu conta do recado e do craque Seedorf que fez a alegria da torcida botafoguense aos 35 minutos do segundo tempo, após das toque de calcanhar para Julio Cesar, e este cruzar no peito do zagueiro Bolíva que só rolou para o lateral Lucas empurrar para o gol de Alessandro que decretou a vitória de 1x0.
Se de um lado valeu esta experiência em falar com os companheiros, buscar forças que pareciam perdidas, não desistir jamais e novamente sair de um placar adverso(já que o empate não resolvia) para levantar a primeira taça em seu novo clube e país, do outro lado será necessário avaliar os erros e o nervosismo de Carlos Alberto, Bernardo e cia. 
O Fogão levantou sua sétima Taça Guanabara e agora joga um segundo turno com foco em uma conquista para assim evitar uma final. Em 2011 isso deu certo, mas é bom os pés dos comandados de Oswaldo de Oliveira não saírem do chão, porque não só o Vasco, mas a dupla Fla-Flu vai querer e muito esta taça. 
Parabéns ao Botafogo e a torcida é para que a Taça Rio seja tão vibrante quanto as semifinais e finais do primeiro turno.
Até a próxima!