quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

PARA ERGUER A PONTE - Por Rodrigo Curty

E a Ponte Preta está a uma partida para fazer história. A Macaca jogou a primeira final da Copa Sul-Americana contra o Lanús, da Argentina. O Pacaembu foi o palco e recebeu um excelente público. Torcida essa que ultrapassa os 30 mil presentes e que vive a expectativa de gritar"é campeão", após 113 anos de vida. 
A partida foi digna de uma final entre Brasil e Argentina. Repleta de catimba, jogadas duras, provocações e jogadas individuais o placar de 1x1 acabou sendo justo. 
Ambos os gols foram marcados de bola parada. O time argentino saiu na frente em cobrança de falta de Goltz. o goleiro Roberto que é peça importante nessa campanha brilhante dos pontepretanos falhou e assumiu. Mas quis o destino que os rivais pagassem na mesma moeda. Também de falta, Fellipe Bastos deixou tudo igual, e no final do jogo quase consegue a virada, em mais uma cobrança que caprichosamente beijou o travessão.
Quarta-feira que vem, La Fortaleza, na província de Buenos Aires, uma das duas equipes levantará o troféu. O detalhe importante é que na final deste torneio não há vantagem dos gols fora, ou seja 0x0, assim como qualquer outro empate leva a decisão para prorrogação e se o placar for mantido, o campeão sairá nos pênaltis. 
A expectativa é de que a Ponte Preta volte a calar os que não acreditavam em sua ascensão na competição. O time eliminou o Criciúma, depois pela primeira vez na história encarou um time estrangeiro, no caso os colombianos do Deportivo Pasto e também avançaram, veio então os temidos Vélez Sarsfield e São Paulo, e ambos caíram mesmo jogando em casa, e olha que perdendo o jogo.
Agora é hora de foco, tranquilidade e seguir da mesma forma que chegou. Os comandados de Jorginho jogam um futebol pragmático, se armam e aguardam os contragolpes para surpreender os adversários. É aguardar para ver como estará o Lanús, que no momento vive ótima fase, é vice líder do Campeonato Argentino e terá a torcida de Atlético-PR, Botafogo, Goiás e Vitória, equipes que buscam uma vaga na Libertadores do ano que vem, e que somente terão em caso de vice-campeonato da Ponte Preta.Haja coração para os torcedores da Macaca que já se conformaram com o rebaixamento, mas que querem a subida na história do clube. Desejo boa sorte.
Até a próxima!