terça-feira, 19 de maio de 2015

TERÇA MOVIMENTADA NO FUTEBOL - Por Rodrigo Curty


E hoje, plena terça-feira a bola não descansou. Foram muitas partidas válidas pela Série B, Copa do Brasil e Libertadores.
No Brasileirinho, destaque para vitória do Macaé por 4x2 sobre o Oeste. Curiosidade é que todos os gols da equipe carioca marcados no primeiro tempo. O líder da segundona é o Náutico. O timbu manteve a boa fase e venceu o Criciúma que é tido como um dos favoritos ao acesso no ano que vem por 2x0. Foi a segunda derrota seguida do Tigre e a terceira vitória seguida dos pernambucanos. Olho neles!
Na Copa do Brasil, o Vitória mesmo jogando em casa foi surpreendido pelo Asa de Arapiraca. No primeiro duelo houve empate em 1x1. Desta vez um novo empate, porém pelo placar de 2x2 o que classificou os alagoanos para encararem agora o Palmeiras. A expectativa da equipe dirigida pelo técnico Vica é repetir a histórica classificação contra os paulista no ano de 2002. Sinceramente, não acredito nisso, mas a bola já provou do que é capaz.
O Paysandu passou sem dificuldade sobre o ABC. Vitória por 2x1 e classificação garantida. O próximo adversário sairá do duelo entre Bahia e Luverdense que jogam amanhã na Fonte Nova. O primeiro embate terminou 0x0. Aposto no tricolor.
Quem também decide a vaga amanhã para a terceira fase é o Vasco. Após um empate em 1x1 no confronto de ida, a ordem é vencer em casa o Cuiabá. Já o Atlético GO terá que reverter o placar negativo contra o América RN que venceu por 4x2 e está praticamente classificado. O mesmo serve para o Ceará que empatou em Minas contra o América MG em 1x1 e tem tudo para avançar jogando em casa.
Amanhã também teremos jogos já pela terceira fase. Na Ilha do Retiro o grande jogo. O embalado Sport recebe o também em ótima fase Santos. No Orlando Scarpelli, o Figueirense medirá forças contra o Botafogo. Por fim, o Goiás encara o Ituano fora de casa. Jogos equilibrados.
Agora a Libertadores. O último invicto caiu. A partida realizada no estádio Jocay, em Manta vibrou com a vitória do time da casa. Falo do Emelec. A equipe equatoriana é dificilmente batida em seus domínios. A vitória foi magra, 1x0, gol do experiente Bolaños. Resta agora saber se o Tigres, do México, consegue reverter o placar jogando em casa na próxima quinta-feira. Eu acredito que vença, mas não avança, será? Quem passar para às semifinais terá pela frente o vencedor de Internacional e Santa Fé, que começam a decidir amanhã, na Colômbia quem seguirá vivo.
Amanhã eu conto.
Até a próxima!