quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

SUPREMACIA BRASILEIRA NA LIBERTADORES - Por Rodrigo Curty

E a noite de quarta-feira foi excelente para as equipes brasileiras na Copa Libertadores.
No Pacaembu quase que deserto, pois um quarteto pode assistir à partida, graças uma liminar que foi concedida e que o Corinthians espera não lhe complicar ainda mais no quesito prejuízo financeiro, melhor para o alvinegro. Mesmo sem o seu principal jogador, devido aos problemas ocorridos em San José, na Bolívia, e consequentemente a punição imposta pela Conmebol para o time brasileiro ter que atuar com portões fechados, os comandados de Tite conquistaram os três importantes pontos rumo ao bicampeonato da competição. O jogo foi contra o Millonarios(Col), que diga-se de passagem não deve complicar a vida do Timão também em Bogotá.
O Timão jogou leve, e com dois gols marcados no início de cada tempo consolidou sua vitória por 2x0 e chegou a segunda colocação do grupo 5 com quatro pontos, e que é liderado pelo Tijuana(MEX), com seis.
O destaque da partida foi Alexandre Pato, que entrou como titular e deu qualidade técnica ao ataque, marcando um dos gols. Tanto este como Emerson são fundamentais na equipe, mas apesar de manter basicamente as mesmas características, com Pato o toque de bola é mais rápido do que com o Sheik que gosta de ir pra cima dos adversários.
É bom ficar de olho no atual campeão, pois a base foi mantida, o time reforçado e o foco é sempre querer mais e mais, fora que o peso e a obrigação da conquista continental aliviaram demais as cobranças.
Este, por exemplo não é o caso do Fluminense. O atual campeão nacional também se deu bem na rodada. Após começar atrás do Huachipato(Chi), fora de casa, o tricolor carioca se impôs e fez prevalecer sua maior técnica e força física para virar a partida para 2x1. Wellington Nem perdeu um gol incrível, mas abriu o caminho para a virada, que veio com Wagner. O Flu tem um belo elenco, porém é bom começar a não vacilar na parte defensiva como nas últimas atuações para avançar sem problemas as próximas fases.
E por falar em vacilo, o grupo 8 tem uma particularidade no mínimo curiosa. Nas cinco partidas já ocorridas, 100% dos pontos foram para os visitantes. Assim, os comandados de Abel Braga chegaram aos seis pontos, liderança que pode ser reassumida pelo Grêmio que encara o Caracas, em sua Arena, na próxima 3ªfeira. Mas para isso é bom o tricolor gaúcho afastar de vez a mística dos visitantes.
Hoje tem mais Brasil em campo pelo torneio continental. Para manter a supremacia do país, o Palmeiras enfrenta o Libertad (Par) pelo grupo 2. Será um duelo pela liderança.
Já o São Paulo, no Morumbi busca seus primeiros três pontos no grupo 3, e espera decolar para não se distanciar do líder do grupo, o Atlético MG com seis pontos.
Boa sorte aos brasileiros e ótimos jogos torcida brasileira.