sábado, 11 de abril de 2015

NOITE DOS TRICOLORES -Por Rodrigo Curty


E a noite de sábado foi muito feliz para os tricolores. Antes de falarmos das vitórias de São Paulo e Fluminense, vale o registro também da vitória do Corinthians sobre a Ponte Preta. O Timão encontrou um adversário bem postado e disposto a quebrar a hegemonia do time da casa que ainda não sabe o que é perder na temporada. A Macaca, inclusive teve um gol mal anulado, o que de certa forma influenciou no resultado do jogo. De qualquer maneira, sinceramente não entendo que isso eliminaria os comandados de Tite, uma vez que hoje é uma das poucas equipes que não sente os gols levados e que consegue reverter um placar adverso pelas variações táticas, experiência e frieza. A questão que fica é lá na frente quando os erros poderão ser cruciais. É bom o Timão manter os pés no chão para não ver seus projetos irem por água abaixo. O próximo adversário provavelmente será o Palmeiras que terá pela frente em casa cheia o Botafogo de Ribeirão Preto. Vamos aguardar.
Agora o São Paulo. O tricolor chegou a sua segunda vitória seguida de forma convincente. Mesmo ainda lento e errando bolas fáceis, o tricolor se impôs contra o experiente e surpreendente Red Bull Brasil. A vitória de 3x0 foi justa e dá um pouco mais de tranquilidade no conturbado time do Morumbi que não deve se empolgar demais, afinal deve ter pela frente nas semifinais o Santos que encara o XV de Piracicaba, na Vila Belmiro e também terá a obrigação de vencer Danubio e Corinthians para seguir vivo na Libertadores. Será que o renovado São Paulo voltará a ter a chancela de “Soberano”? Só o tempo irá dizer.
No Rio de Janeiro, a primeira semifinal entre Botafogo e Fluminense foi bastante disputada e com o Maracanã vazio. O atual campeão da Taça Guanabara pressionou o  tricolor em seu campo, mas errou ao deixar o atacante que adora marcar contra o alvinegro livre. Fred abriu o placar e teve outras oportunidades. O Glorioso ainda levaria o segundo gol, de pênalti convertido novamente pelo 9 do Fluminense. No fim, a pressão do time de Renê Simões deu resultado. O gol de Willian Arão traz de volta a esperança de ida às finais do Carioca, mas para isso, terá que se impor e esquecer o regulamento, mesmo porque esse já foi para os ares. Ao time das Laranjeiras fica a lição de que a qualidade técnica de alguns jogadores podem resolver a desconfiança. A mística do cinco segue viva entre os torcedores. Nunca é demais lembrar que o tricolor levou os títulos de 75,85,95 e2005. Será que leva a gora? Vamos aguardar. Amanhã será a vez de Vasco e Flamengo medirem forças. Faça a sua aposta.
Até a próxima!