segunda-feira, 23 de novembro de 2015

TIMÃO MASSACRA TRICOLOR E BUSCA RECORDE NO BRASILEIRÃO - Por Rodrigo Curty


O título do Corinthians foi muito comemorado na 5ªfeira, mas o dia 22/11/2015 não será esquecido jamais pela massa corintiana. O Timão recebeu o São Paulo, em sua Arena e não teve dó. Mesmo jogando apenas com três titulares ( Cássio, Felipe e Ralf), o Timão atropelou o tricolor.
E pode acreditar, nem mesmo o mais otimista poderia esperar um placar histórico e tão expressivo: 6x1 com direito a show do meia Danilo e dos garotos. Foi a maior goleada sobre o rival. Anteriormente já havia feito 5x0 em 1996 e 2011. É, a fase quando é boa, tudo dá certo. Foi um gol para cada taça e o time sendo chamado de Alemanha, o que convenhamos, apesar da ótima fase é mais do que um exagero.  
O São Paulo esteve irreconhecível? Na verdade os reservas do Corinthians é que estavam endiabrados. Parecia uma partida de casados contra solteiros. Os gols do baile de gala foram marcados por Bruno Henrique, Romero, Edu Dracena, Lucca, Hudson(contra) e Cristian.
E olha que o ídolo Rogerio Ceni nem atuou. Para muitos são-paulinos, caso o arqueiro estivesse em campo, seria considerado o culpado. Hoje a conta definitivamente não foi do capitão, mas sim de um time apático, desorganizado, sem jogadores de pulso para chamar a responsabilidade.
Mas Alexandre Pato não jogou também. Não interessa, o atacante que dificilmente permanecerá não faria verão sozinho. O problema do São Paulo é acreditar que tem um grande time e que precisa apenas de alguns ajustes. Basta vencer bem como na última quinta-feira para deslumbrar.
Apesar da derrota, o tricolor segue no G4, sonha com a vaga na próxima Libertadores, mas deve ter a certeza que vai precisar de muito trabalho, reforços e gestão para parar de dar vexames. A temporada realmente deve ser esquecida pelo seu torcedor.
Para o Timão resta festejar a cada partida, prestigiar o banco que deu conta do recado, mas também saber que um raio não cai no mesmo lugar duas vezes, assim, se quiser fechar o ano com os números avassaladores será preciso respeitar Sport e Avaí.
Hoje com 80 pontos, o clube igualou a marca do Cruzeiro no ano passado, desde que o Brasileirão passou a ser disputado por 20 clubes. Alguém dúvida que esse número não será batido? Vamos aguardar para ver.
Até a próxima!